Mercado abrirá em 5 h 30 min
  • BOVESPA

    110.909,61
    +2.127,46 (+1,96%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.174,06
    -907,27 (-1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,76
    +0,56 (+0,72%)
     
  • OURO

    1.767,90
    +4,20 (+0,24%)
     
  • BTC-USD

    16.863,65
    +401,64 (+2,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    400,79
    +12,06 (+3,10%)
     
  • S&P500

    3.957,63
    -6,31 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    33.852,53
    +3,07 (+0,01%)
     
  • FTSE

    7.512,00
    +37,98 (+0,51%)
     
  • HANG SENG

    18.226,85
    +22,17 (+0,12%)
     
  • NIKKEI

    27.968,99
    -58,85 (-0,21%)
     
  • NASDAQ

    11.538,75
    +14,00 (+0,12%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4675
    +0,0109 (+0,20%)
     

Que câmera é melhor: Edge 30 Ultra, Galaxy S22 Ultra ou iPhone 14 Pro?

A Motorola fez um trabalho bem interessante com o Motorola Edge 30 Ultra, que tem sensor principal de 200 MP e frontal de 60 MP. Mas será que a quantidade absurda de pixels é capaz de deixá-lo em pé de igualdade com Galaxy S22 Ultra e iPhone 14 Pro em termos de câmera?

Peguei os celulares de Motorola, Samsung e Apple para tirar umas fotos e fazer um comparativo. Claro que fiz registros com todas as câmeras, além de testar as funcionalidade macro e noturna.

Vamos ver qual celular tem a melhor câmera do mercado no momento: Motorola Edge 30 Ultra, Galaxy S22 Ultra ou iPhone 14 Pro.

Como foi feito o teste

Todas as fotos foram clicadas no modo automático, sem ajuste de luminosidade. Em alguns casos, o foco foi travado no local desejado para ajudar na comparação das imagens. Há alguma diferença no enquadramento por conta do campo de visão e localização de cada câmera.

Tanto o iPhone 14 Pro Max quanto o Edge 30 Ultra ativaram o modo noturno automaticamente quando necessário. No Galaxy S22 Ultra, houve casos em que o modo foi ativado sozinho, mas uma ou duas fotos eu precisei selecionar pela paridade nos testes.

Foi utilizado o iPhone 14 Pro Max que tem câmeras idênticas às do iPhone 14 Pro. A opção pelo modelo maior ajudou a equilibrar tamanhos e pesos dos três dispositivos.

Câmera principal

  • Edge 30 Ultra: 200 MP, f/1.9;

  • Galaxy S22 Ultra: 108 MP, f/1.8;

  • iPhone 14 Pro Max: 48 MP, f/1.8.

A câmera principal dos três celulares é boa com boa luminosidade. Texturas, faixa dinâmica e cores estão dentro do esperado para um smartphone topo de linha. O equilíbrio é grande, mas claro que um deles é melhor, mesmo que por pouca coisa.

Edge 30 Ultra (E), Galaxy S22 Ultra (C) e iPhone 14 Pro Max (D) (Imagem: Felipe Junqueira/Canaltech)
Edge 30 Ultra (E), Galaxy S22 Ultra (C) e iPhone 14 Pro Max (D) (Imagem: Felipe Junqueira/Canaltech)

Pela minha análise de todas as fotos, o Galaxy S22 Ultra fica um pouco à frente no geral. O iPhone 14 Pro Max chega bem perto, e pode até conseguir resultados melhores em um ou outro caso. Já o Edge 30 Ultra fica pouca coisa atrás, e também pode ser melhor em alguns cenários.

O maior problema do celular da Motorola é o nível de texturas de objetos mais distantes. É bem nítido como ele não consegue entregar tantos detalhes das folhas das árvores como fazem seus concorrentes.

Câmera ultrawide

  • Edge 30 Ultra: 50 MP, f/2.2, 114˚;

  • Galaxy S22 Ultra: 12 MP, f/2.2, 120˚;

  • iPhone 14 Pro Max: 12 MP, f/2.2, 120˚.

A câmera ultra grande-angular tem uma vantagem um pouco mais clara para o Galaxy S22 Ultra, que tem texturas em maior nível que os concorrentes. Ainda assim, o iPhone 14 Pro Max não fica muito atrás. E, neste caso, achei que o Edge 30 Ultra decepcionou um pouco.

Edge 30 Ultra (E), Galaxy S22 Ultra (C) e iPhone 14 Pro Max (D) (Imagem: Felipe Junqueira/Canaltech)
Edge 30 Ultra (E), Galaxy S22 Ultra (C) e iPhone 14 Pro Max (D) (Imagem: Felipe Junqueira/Canaltech)

As três ultrawides também fazem fotos macro. No caso de iPhone 14 Pro Max e Galaxy S22 Ultra, basta selecionar o zoom de 0,5x ou 0,6x e aproximar o celular do objeto a ser fotografado. A Motorola deixa uma opção macro fácil no app de câmera.

Os três conseguem ótimos resultados, e o foco automático facilita bastante o processo. O mais difícil é acertar nos celulares que não têm o modo macro como opção na câmera, pois precisam identificar a proximidade de um objeto para focar corretamente.

Câmera zoom

  • Edge 30 Ultra: 12 MP, f/1.6, zoom óptico de 2x;

  • Galaxy S22 Ultra: 10 MP, f/2.4, zoom óptico de 3x + 10 MP f/4.9, zoom óptico de 10x;

  • iPhone 14 Pro Max: 12 MP, f/2.8, zoom óptico de 3x.

Mais uma vez, o Galaxy S22 Ultra fica à frente. Além de tirar fotos melhores no zoom de 3x, o celular da Samsung ainda pode aproximar digitalmente até 100 vezes. E tem uma segunda câmera teleobjetiva com zoom óptico de 10x.

O iPhone 14 Pro Max também consegue boas fotos, mas tem nível de textura um pouco inferior. Faixa dinâmica e cores dos três modelos são boas, e dá para aproveitar bem a aproximação pela lente e fotografar objetos mais distantes.

Edge 30 Ultra (E), Galaxy S22 Ultra (C) e iPhone 14 Pro Max (D) (Imagem: Felipe Junqueira/Canaltech)
Edge 30 Ultra (E), Galaxy S22 Ultra (C) e iPhone 14 Pro Max (D) (Imagem: Felipe Junqueira/Canaltech)

Aqui, o Motorola Edge 30 Ultra fica consideravelmente atrás por ter zoom óptico de apenas 2x. Eu fiz as fotos com 3x, deixando o zoom menos aproximado de duas vezes para apenas um caso — e foi justamente a foto que o S22 Ultra entregou resultado inferior.

Fotos noturnas

O modo noturno pode ser ativado automaticamente ou pelo próprio usuário no Galaxy S22 Utlra e no Edge 30 Ultra. No iPhone 14 Pro Max, só é possível aguardar o sistema detectar a necessidade de fazer uma exposição mais longa.

Em cenários com pouca luz de uma única fonte, os três modelos conseguem fazer uma boa correção na câmera principal. A ultrawide e a frontal ficam ruins, principalmente nos modelos de Apple e Motorola. O da Samsung ainda consegue bons resultados de vez em quando na frontal.

Edge 30 Ultra (E), Galaxy S22 Ultra (C) e iPhone 14 Pro Max (D) (Imagem: Felipe Junqueira/Canaltech)
Edge 30 Ultra (E), Galaxy S22 Ultra (C) e iPhone 14 Pro Max (D) (Imagem: Felipe Junqueira/Canaltech)

A foto noturna com mais de uma fonte de luz, sendo uma delas oposta às câmeras, gerou resultados bem ruins nos três modelos. Seja como for, Edge 30 Ultra, Galaxy S22 Ultra e iPhone 14 Pro Max podem fazer bons registros noturnos. Basta você descobrir os truques e ter noção de quando arriscar.

E isso se adquire com o tempo. Mas, se for para recomendar um deles para fotos com pouca luz, eu cravaria o Galaxy S22 Ultra.

Câmera frontal

  • Edge 30 Ultra: 60 MP, f/2.2, pixel de 0,61 µm;

  • Galaxy S22 Ultra: 40 MP, f/2.2, pixel de 0.7µm;

  • iPhone 14 Pro Max: 12 MP, f/1.9.

As selfies ficam boas nos três modelos, quando em cenários com boa iluminação. O modo retrato tem bom recorte também em todos eles. Inclusive reconhecendo a lente dos óculos corretamente. Faixa dinâmica, cores e texturas têm níveis pouca coisa diferente de um para o outro.

No caso das cores, uma questão importante é um desequilíbrio do Edge 30 Ultra com a tonalidade da pele. Há casos em que ele erra bastante o balanço de branco, e isso vale não só para peles negras como também para peles brancas. Meu rosto saiu avermelhado em algumas fotos.

Edge 30 Ultra (E), Galaxy S22 Ultra (C) e iPhone 14 Pro Max (D) (Imagem: Felipe Junqueira/Canaltech)
Edge 30 Ultra (E), Galaxy S22 Ultra (C) e iPhone 14 Pro Max (D) (Imagem: Felipe Junqueira/Canaltech)

Com pouca luz, a coisa já muda um pouco. Na realidade, nenhum dos três consegue fazer selfies realmente boas no modo noturno. O que se sai menos pior é o Galaxy S22 Ultra, mas quando ele falha, fica um resultado péssimo.

No caso de autorretratos, acho que o iPhone é o mais indicado, especialmente se o seu uso principal for Instagram e TikTok. A integração entre câmera e apps de terceiros é bem melhor no iOS do que no Android.

Qual tira melhores fotos no dia a dia: Edge 30 Ultra, Galaxy S22 Ultra ou iPhone 14 Pro?

O Galaxy S22 Ultra é o mais completo do trio para fotografar. A Samsung fez um trabalho excelente de melhorias no app de câmeras do seu topo de linha no segundo semestre de 2022, e se manteve à frente da Apple como melhor smartphone para fotos no ano.

Mas eu faço uma menção honrosa ao Edge 30 Ultra, que foi bem melhor do que eu esperava. No comparativo que fiz com Galaxy S22 Ultra e iPhone 13 Pro com o Edge 30 Pro, o modelo da Motorola foi claramente inferior. O Ultra fica atrás, mas se aproximou bem dos concorrentes.

Já o iPhone 14 Pro Max decepcionou nas fotos noturnas. A Apple prometeu uma melhoria neste recurso, mas parece que ainda não implementou. Fico no aguardo de novidades neste sentido para voltar a comparar o modelo com um rival da Samsung no futuro.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: