Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.941,68
    -160,32 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.599,38
    -909,02 (-1,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    85,31
    +0,17 (+0,20%)
     
  • OURO

    1.835,10
    +3,30 (+0,18%)
     
  • BTC-USD

    36.271,89
    +1.203,84 (+3,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    870,86
    +628,18 (+258,85%)
     
  • S&P500

    4.397,94
    -84,79 (-1,89%)
     
  • DOW JONES

    34.265,37
    -450,03 (-1,30%)
     
  • FTSE

    7.494,13
    -90,88 (-1,20%)
     
  • HANG SENG

    24.965,55
    +13,25 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    27.522,26
    -250,64 (-0,90%)
     
  • NASDAQ

    14.524,25
    +97,75 (+0,68%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1833
    +0,0532 (+0,87%)
     

Quatro vezes Cesinha: Ex-Atlético Mineiro fica entre os onze melhores da K-League

·2 min de leitura


Quando o assunto é idolatria, gols, assistências e premiações, o meia-atacante Cesinha entende bem. Nesta terça-feira (07), o brasileiro deu mais um passo para se tornar um dos maiores jogadores da história do Daegu FC.

Depois de ajudar o clube a alcançar a melhor campanha da história, garantindo a terceira posição na K-League e classificados novamente para a Liga dos Campeões da Ásia, o jogador ficou entre os onze melhores da Liga pela quarta vez seguida e pela quinta em seis anos.

Além do feito inédito, o brasileiro também concorreu ao prêmio de melhor jogador da temporada depois dos 15 gols e 7 assistências em 41 jogos. A premiação, realizada em Seoul, é dividida em três partes: 40% dos votos são concedidos pela imprensa, 30% pelos capitães de cada time e os outros 30% recebem votos da torcida.

- Acredito que essa regularidade só mostra o quanto venho trabalhando e desempenhando um bom futebol aqui na Coreia do Sul. O sentimento é de felicidade e gratidão. Não conseguiria isso sem o apoio da minha família e, claro, dos meus companheiros de clube. Também concorri ao prêmio de MVP. Não ganhei, mas a sensação de poder concorrer ao prêmio pela quarta vez é especial – destaca o brasileiro.

Cesinha não está sozinho nas boas atuações com a camisa do Daegu. Ele terá a companhia do também brasileiro Edgar para levar a equipe ao bicampeonato da Copa da Coreia. O atacante, ex-São Paulo e Porto, foi um dos nomes de destaque na temporada ao marcar 17 gols e 5 assistências.

- Agora, o foco é na final da Copa da Coreia. Ganhamos o primeiro jogo por 1 a 0 fora de casa e temos esse desafio de trazer o troféu diante da nossa torcida para fechar essa temporada tão importante com chave de ouro – finaliza Cesinha.

A final da Copa da Coreia entre Daegu FC e Jeonnan Dragons será neste sábado, 11 de dezembro, às 00:30, horário de Brasília.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos