Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.811,40
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    17.105,99
    +127,86 (+0,75%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4979
    +0,0325 (+0,59%)
     

Quatro bancos brasileiros estão entre os mais rentáveis do mundo

Os bancos brasileiros não figuram no topo da lista de instituições de maior rentabilidade sobre patrimônio (ROE), segundo a consultoria financeira Economatica. Ainda assim, seguem entre os dez mais rentáveis do mundo, entre bancos com ativos acima de US$ 100 bilhões. O Santander Brasil teve a melhor taxa de rentabilidade entre os brasileiros pelo quarto ano consecutivo.

A lista completa traz 39 bancos que alcançaram ativos acima de US$ 100 bilhões e considera o fechamento do do ano fiscal em dezembro de 2021. O banco Capital One, dos EUA, lidera a lista com ROE de 20,4%, seguido pelo também norte-americano Ally Financial, com 19,3%. O Santander figurou em terceiro no rol mundial, com 18,9%.

Na quarta colocação está o Royal Bank of Canadá (17,3%), seguido pelo Itaú Unibanco (também 17,3%), pelo americano JPMorgan (16,9%), pelo Banco do Brasil (15,7%) e pelo Bradesco (15,2%). Os Estados Unidos lideram a lista com 19 bancos, seguido por Brasil, Canadá e Grã-Bretanha, com quatro bancos cada.

Lista da Economatica com bancos mais rentáveis de 2021 (Imagem: Reprodução/Economatica)
Lista da Economatica com bancos mais rentáveis de 2021 (Imagem: Reprodução/Economatica)

Três dos grandes brancos brasileiros — Banco do Brasil, Itaú Unibanco e Bradesco — tiveram uma queda expressiva no ROE ao longo dos anos, enquanto os americanos Capital One, Ally Financial, JPMorgan, SBV Financial e o brasileiro Santander tiveram uma alta expressiva em relação a 2010.

Até 2017, o Santander figurava em quarto lugar entre os brasileiros na lista da Economatica. A partir de 2016, sua taxa de rentabilidade sobre patrimônio passa a crescer, saindo de 9,7% para 18,9% em dezembro de 2021, embora tenha havido um recuo de -3,1 pontos percentuais no resultado de 2020 (em relação ao de 2019).

A média de rentabilidade dos grandes bancos brasileiros sempre foi maior que a dos grandes bancos negociados nos USA, segundo dados do período analisado. Havia uma diferença de 8,3 pontos percentuais em 2010, que agora caiu para quatro. Apesar de a distância ter diminuído, os brasileiros seguem mais rentáveis. Em 2021, os quatro bancos brasileiros conseguiram ROE de 16,5%, e os 19 bancos americanos listados tiveram juntos 11,8%.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: