Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.672,26
    +591,91 (+0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.741,50
    +1.083,62 (+2,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,06
    +2,79 (+2,68%)
     
  • OURO

    1.828,10
    -1,70 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    21.700,10
    +354,22 (+1,66%)
     
  • CMC Crypto 200

    462,12
    +8,22 (+1,81%)
     
  • S&P500

    3.911,74
    +116,01 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    31.500,68
    +823,32 (+2,68%)
     
  • FTSE

    7.208,81
    +188,36 (+2,68%)
     
  • HANG SENG

    21.719,06
    +445,19 (+2,09%)
     
  • NIKKEI

    26.491,97
    +320,72 (+1,23%)
     
  • NASDAQ

    12.132,75
    +395,25 (+3,37%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5524
    +0,0407 (+0,74%)
     

Quase 70% das empresas ativas no país são MEI, diz governo

De cada dez empresas ativas no Brasil, sete são microempreendedores individuais (MEI). O dado é da Secretaria Especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia. Segundo o boletim Mapa de Empresas, divugado nesta quarta (8), de 19.373.257 empresas ativas há 13.489.017 MEIs — ou seja, 68,6% dos negócios pertencem a esta categoria.

Apesar disso, o percentual de abertura de empresas diminuiu em relação ao mesmo período do ano passado. Nos quatro primeiros meses de 2022, foram abertas 1.350.127 companhias em todo o Brasil, número 3,2% inferior ao registrado no primeiro quadrimestre de 2021. No mesmo período, 541.884 empresas fecharam as portas, alta de 23% na mesma comparação.

Na comparação com o último quadrimestre do ano passado, no entanto, o número de empresas criadas subiu 11,5%. Já onúmero de fechamentos aumentou 11,5% na comparação do mesmo período entre 2021 e 2022.

Empresas brasileiras por categoria: registro de MEIs cai

Em relação aos MEI, 1.114.826 registros foram abertos de janeiro a abril, uma alta de 14% na comparação com os últimos quatro meses de 2021, mas uma queda de 3,2% em relação ao período de janeiro a abril do ano passado.

Sobre sociedades empresariais limitadas, 226.549 foram criadas de janeiro a abril, alta de 19,1% em relação ao primeiro quadrimestre do ano passado e de 3,2% sobre os quatro meses finais de 2021. Ao todo, existem 4.667.178 empresas dessa categoria em funcionamento no país.

MEI, 1.114.826 registros foram abertos no Brasil de janeiro a abril de 2022 (Imagem: StartupStockPhotos/Pixabay)
MEI, 1.114.826 registros foram abertos no Brasil de janeiro a abril de 2022 (Imagem: StartupStockPhotos/Pixabay)

Em relação às Empresas Individuais de Responsabilidade Limitada (Eireli), 2.381 firmas foram criadas no primeiro quadrimestre deste ano, uma queda de 92,4% ante o mesmo período de 2021 e de 55,5% sobre setembro a dezembro do ano passado. Existem 937.163 empresas em atividade nessa categoria.

Nos quatro primeiros meses de 2022, foram abertas 3.749 sociedades anônimas, recuo de 23,8% em relação ao mesmo período de 2021 e de 20,6% em relação aos últimos quatro meses do ano passado. Há 177.898 sociedades anônimas em funcionamento atualmente.

De janeiro a abril, foram abertas 880 cooperativas, alta de 23,2% em relação aos quatro primeiros meses de 2021, mas queda de 3,8% na comparação com o último quadrimestre do ano passado. Ao todo, existem 35.169 cooperativas em atividade no país.

A categoria “demais tipos de empresas” totalizou 66.832 unidades em funcionamento, com 1.742 aberturas no primeiro quadrimestre, queda de 32,5% em relação aos quatro primeiros meses de 2021 e de 40% em relação ao intervalo de setembro a dezembro do ano passado.

Empresas brasileiras por setor

Veja como ficou a comparação por setores:

  • Serviços (48,9%);

  • Comércio (32,6%);

  • Indústria de transformação (9,3%);

  • Construção civil (7,9%);

  • Agropecuária (0,7%);

  • Indústria extrativa mineral (0,1%);

  • Ooutros setores (0,5%).

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos