Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.487,88
    +1.482,88 (+1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.518,30
    +228,40 (+0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,35
    +0,46 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.845,10
    +3,90 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.962,90
    +515,91 (+1,75%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,34
    -23,03 (-3,42%)
     
  • S&P500

    3.901,36
    +0,57 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.261,90
    +8,80 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,54 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,23 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.838,00
    -40,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1406
    -0,0782 (-1,50%)
     

Quase 60% da população dos EUA contraiu covid até fevereiro, diz estudo

·2 min de leitura
Um novo estudo estima que 60% da população dos Estados Unidos contraiu covid-19 até fevereiro de 2022 (AFP/Ed JONES) (Ed JONES)

Até o mês de fevereiro deste ano, 58% da população dos Estados Unidos – o que equivale a mais de 190 milhões pessoas - foram infectadas com covid-19, segundo uma pesquisa de anticorpos realizada pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) do país, publicada nesta terça-feira (26).

O número é bem maior que os 80 milhões de casos oficialmente registrados, com a maior parte das infecções não diagnosticadas, assintomáticas ou não reportadas.

Cerca de 75% das pessoas com menos de 18 anos foram infectadas, segundo um relatório baseado em um estudo representativo de abrangência nacional sobre o nível de anticorpos.

Houve um enorme surto durante a onda da variante ômicron, no último inverno (no hemisfério norte), especialmente entre as crianças.

A cada mês, entre setembro de 2021 e janeiro de 2022, o estudo analisou cerca de 75.000 amostras de sangue de todo o país, assim como 45.000 amostras em fevereiro deste ano.

O estudo analisou apenas anticorpos gerados em resposta a infecções do coronavírus, e não os gerados por vacinas. Em seguida, as estimativas em âmbito nacional foram produzidas usando métodos estatísticos para ponderar por idade, sexo e status metropolitano.

"Ter anticorpos induzidos por infecção não necessariamente significa que você está protegido contra contágios futuros", afirmou Kristie Clarke, colíder da força-tarefa nacional de sorologia de covid-19, em conversa com os jornalistas.

"As infecções prévias já mostraram que podem fornecer alguma proteção contra a forma grave da doença e internações, e a vacinação, seja antes ou depois de uma infecção, fornece uma proteção adicional", acrescentou.

Como a duração da imunidade gerada pela infecção é desconhecida, é essencial que as pessoas estejam em dia com a vacinação contra a covid, ressaltou a especialista.

Atualmente, os Estados Unidos oferecem quatro doses para pessoas com mais de 50 anos, e três doses para pessoas com idades inferiores. As crianças menores de cinco anos, por sua vez, são o único grupo que ainda não está elegível para a vacinação.

Em âmbito nacional, os casos estão aumentando com infecções causadas pelas subvariantes BA.2 e BA.2.12.1 da ômicron.

Regiões do estado de Nova York e do nordeste do país também estão experimentando um aumento das hospitalizações, e os CDC recomendam a utilização de máscaras em ambientes fechados nessas áreas, embora a obrigatoriedade tenha deixado de vigorar há muito tempo.

Mesmo com o aumento das hospitalizações, o número de mortes continua caindo e, atualmente, está em pouco mais de 300 por dia. Espera-se que o país atinja a marca sombria de 1 milhão de mortes nas próximas semanas.

ia/sst/rpr

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos