Mercado abrirá em 53 mins
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,82 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,44 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,48
    +0,72 (+0,86%)
     
  • OURO

    1.800,80
    +4,50 (+0,25%)
     
  • BTC-USD

    62.746,99
    +1.761,53 (+2,89%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,70 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,92 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.236,95
    +32,40 (+0,45%)
     
  • HANG SENG

    26.132,03
    +5,10 (+0,02%)
     
  • NIKKEI

    28.600,41
    -204,44 (-0,71%)
     
  • NASDAQ

    15.382,75
    +41,75 (+0,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5664
    -0,0144 (-0,22%)
     

Quase 4 em cada 5 restaurantes procuraram empréstimo na pandemia e metade não conseguiu, diz Abrasel

·1 minuto de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 21.02.2019: Cédulas de real, moeda oficial brasileira. (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 21.02.2019: Cédulas de real, moeda oficial brasileira. (Foto: Gabriel Cabral/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Quase 4 em cada 5 bares e restaurantes tiveram que buscar crédito durante a pandemia de Covid-19 e apenas metade conseguiu empréstimo, revela uma pesquisa feita pela Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes) em parceria com a Alelo.

Segundo o levantamento, obtido com exclusividade pela reportagem, 79% dos estabelecimentos procuraram crédito desde o início da pandemia. Desses, 43% buscaram em bancos privados. Outros 16,6% recorreram a cooperativas de crédito e apenas 9,42% utilizaram linhas de crédito oferecidas por aplicativos de delivery.

Dos que procuraram empréstimo, apenas 50% conseguiram. O principal motivo para as recusas foram eventuais restrições ao nome da empresa (39,3%) ou ao nome do proprietário/sócio (23,2%).

A pesquisa foi feita no mês de junho com 875 estabelecimentos de todo o Brasil.

O setor de restaurantes e bares foi um dos mais afetados pela pandemia de Covid-19. Milhares deles encerraram suas atividades. Somente na cidade de São Paulo, 12 mil estabelecimentos fecharam de vez, segundo levantamento divulgado em abril deste ano pela seção paulista da Abrasel.

Entre eles, estabelecimentos clássicos da cena gastronômica paulistana, como o francês Marcel, que anunciou o fim de suas atividades no meio do ano passado -o restaurante existia desde 1955.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos