Mercado fechará em 5 h 57 min
  • BOVESPA

    110.040,99
    +926,84 (+0,85%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.017,59
    +209,03 (+0,47%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,03
    +1,32 (+1,72%)
     
  • OURO

    1.646,40
    +13,00 (+0,80%)
     
  • BTC-USD

    20.191,87
    +1.000,51 (+5,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    461,77
    +2,63 (+0,57%)
     
  • S&P500

    3.681,80
    +26,76 (+0,73%)
     
  • DOW JONES

    29.419,57
    +158,76 (+0,54%)
     
  • FTSE

    7.036,51
    +15,56 (+0,22%)
     
  • HANG SENG

    17.860,31
    +5,17 (+0,03%)
     
  • NIKKEI

    26.571,87
    +140,32 (+0,53%)
     
  • NASDAQ

    11.502,25
    +186,00 (+1,64%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1647
    -0,0147 (-0,28%)
     

Quanto vou receber em Abono salarial do PIS/PASEP em 2023?

O trabalhador pode consultar o benefício através do aplicativo Carteira de Trabalho Digital (Getty Image)
O trabalhador pode consultar o benefício através do aplicativo Carteira de Trabalho Digital (Getty Image)
  • Pagamento do PIS/PASEP pode chegar a R$ 1.302 em 2023

  • Valor vai depender da definição do salário mínimo

  • Governo deve estipular o número exato quanto a taxa inflacionária fica pronta

O ano já está chegando ao fim. E, com as decisões políticas, já é possível prever algumas questões financeiras e orçamentárias de 2023.

Anualmente, o salário mínimo passa por uma correção de acordo com a inflação do país. Através do ajuste, benefícios como o PIS/Pasep também são atualizados, há que o abono é baseado no piso nacional vigente.

O Governo Federal ainda está trabalhando na definição do piso nacional para o próximo ano. Até agora, a previsão está em R$ 1.302. Ou seja, se a medida se concretizar, esse será o valor do PIS no ano que vem.

Esse cálculo tem como base os avanços da inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Mesmo assim, o índice só é definido final no fim do ano, quanto a taxa inflacionária fica pronta.

Para receber o abono salarial ano-base 2021, o trabalhador tem que estar exercendo atividade remunerada com carteira assinada, em média, de até dois salários mínimos por mês em 2021.

Também é necessário estar inscrito inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos em 2021 e ter os dados corretamente enviados pelo empregador a RAIS (Relação Anual de Informações Sociais).

A Caixa Econômica Federal é a instituição financeira responsável pelos repasses do PIS, voltado aos trabalhadores da iniciativa privada, enquanto o Banco do Brasil realiza os pagamentos do Pasep, voltado para servidores públicos.

O trabalhador pode consultar o benefício por meio do aplicativo Carteira de Trabalho Digital (disponível para Android ou iOS) ou através da central de atendimento Alô Trabalho, no número 158.