Mercado abrirá em 6 h 24 min
  • BOVESPA

    102.814,03
    +589,77 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.796,30
    +303,78 (+0,61%)
     
  • PETROLEO CRU

    69,24
    -0,71 (-1,02%)
     
  • OURO

    1.791,90
    +6,70 (+0,38%)
     
  • BTC-USD

    56.912,55
    -400,55 (-0,70%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.434,56
    +5,63 (+0,39%)
     
  • S&P500

    4.655,27
    +60,65 (+1,32%)
     
  • DOW JONES

    35.135,94
    +236,60 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.109,95
    +65,92 (+0,94%)
     
  • HANG SENG

    23.414,85
    -437,39 (-1,83%)
     
  • NIKKEI

    28.177,21
    -106,71 (-0,38%)
     
  • NASDAQ

    16.333,25
    -57,50 (-0,35%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3396
    +0,0104 (+0,16%)
     

Quanto você pagaria por uma cervejinha? Conheça as cervejas mais caras do mundo

·4 min de leitura

Para quem ingere bebidas alcoólicas, sabe que uma cerveja gelada em uma sexta-feira à noite depois do trabalho ou na praia em um sábado de sol é uma excelente pedida. No Brasil, a bebida é uma das favoritas dos consumidores e só em 2020, durante a pandemia, as vendas de cerveja no varejo somaram R$ 184,6 bilhões e a previsão para 2021 é de R$ 198 bilhões, de acordo com a consultoria Euromonitor.

Recentemente, os cervejeiros receberam uma notícia difícil: o anúncio de reajuste no preço da cerveja feito pela Ambev que comanda as marcas Skol, Brahma, Antarctica, Stella Artois e Budweiser. O aumento anunciado foi de 5% a 6% e teve como base a inflação acumulada em 10% nos últimos 12 meses, segundo o IPCA (Índice de Preços do Consumidor). Apesar do aumento, muito provavelmente nenhum desses novos valores das cervejas consumidas no Brasil chegam perto do quanto já foi pago por uma garrafa contendo lúpulo, malte, leveduras, água, e claro, teor alcoólico.

Confira a seguir as cervejas mais caras do mundo:

  1. Antarctic Nail Ale

  2. Brewdog The End of History

  3. Jacobsen Vintage Nº.1

  4. Schorschbock 57

  5. Samuel Adams Utopia

Antarctic Nail Ale

Antarctic Nail Ale foi produzida com água diretamente da Antártica. Foto: Reprodução
Antarctic Nail Ale foi produzida com água diretamente da Antártica. Foto: Reprodução

Em 2014, a cervejaria australiana Nail Brewing produziu apenas 30 garrafas daquela que é até hoje a cerveja mais cara já vendida na história. A Antarctic Nail Ale foi produzida com água diretamente da Antártica. Sim, é isso mesmo. Uma cerveja feita com água da Antártica e que, segundo o proprietário da Nail Brewing, essa era também a cerveja mais pura do mundo. Cada garrafa da Antarctic Nail Ale custou US$ 800, o que na cotação atual é nada mais, nada menos que R$ 4459. Todo o valor da venda das cervejas foi revertido para a ONG Sea Shepard que atua na causa contra a caça predatória das baleias.

Brewdog The End of History

Brewdog The End of History
Brewdog The End of History

Essa é uma cerveja que tem um conceito, no mínimo, bizarro. E isso não se trata apenas do seu preço. Explicamos: a garrafa da Brewdog The End of History era colocada em uma espécie de rótulo feito de animais mortos e empalhados. Furões foram usados em sete rótulos, esquilos em quatro e pra fechar, uma lebre. Foram produzidas apenas 12 garrafas da cerveja escocesa. Além desse detalhe um tanto quanto peculiar, outra coisa chamava atenção sobre a Brew The End of History (e mais uma vez ainda não estamos falando do preço): o teor alcoólico de 55%, colocando a cerveja entre as mais alcoólicas já produzidas.

Agora sim, vamos ao valor: cada garrafa custou cerca de US$ 765 (R$ 4264).

Jacobsen Vintage Nº.1

Jacobsen Vintage Nº.1. Foto: Reprodução / Pinterest.
Jacobsen Vintage Nº.1. Foto: Reprodução / Pinterest.

Produzida pela Carlsberg, um conglomerado dinamarquês de cervejarias, a Jacobsen Vintage Nº 1 é o que podemos chamar de uma cerveja de luxo. Cada rótulo das apenas 600 garrafas produzidas continha uma litografia única e feita e impressa pelo artista dinamarquês Frans Kannik. A cerveja é do tipo barley wine, estilo de cerveja que se aproxima do vinho. Foi comercializada nos restaurantes luxuosos de Copenhague pelo valor de US$ 400 (R$ 2229).

Schorschbock 57

Ceramic bottles of Schorschbock beer are pictured at the Schorschbraeu brewery in Gunzenhausen near Nuremberg, northern Bavaria, March 30, 2012.  According to the micro brewery owner Georg Tscheuschner, his Schorschbock beer at 57 % volume of alcohol, is the world strongest.  The limited edition of 43 bottles, each one sealed with wax, signed and hand-numbered by the brew master, costs 200 euros (266 US Dollars).  Tscheuschner's other beer specialities have 13%, 16% and 20% alcohol and are also exported worldwide.    REUTERS/Michaela Rehle (GERMANY - Tags: SOCIETY FOOD BUSINESS TPX IMAGES OF THE DAY)
Ceramic bottles of Schorschbock beer are pictured at the Schorschbraeu brewery in Gunzenhausen near Nuremberg, northern Bavaria, March 30, 2012. According to the micro brewery owner Georg Tscheuschner, his Schorschbock beer at 57 % volume of alcohol, is the world strongest. The limited edition of 43 bottles, each one sealed with wax, signed and hand-numbered by the brew master, costs 200 euros (266 US Dollars). Tscheuschner's other beer specialities have 13%, 16% and 20% alcohol and are also exported worldwide. REUTERS/Michaela Rehle (GERMANY - Tags: SOCIETY FOOD BUSINESS TPX IMAGES OF THE DAY)

Essa também foi uma cerveja com edição limitada. Com apenas 36 garrafas produzidas, o processo de produção da Schorschbock 57 usa um método de refinamento chamado icebok para gelar a água da bebida e então são separados o aroma e outros ingredientes, tornando-a a cerveja mais forte do mundo, com 57,5% de volume alcoólico. A cerveja alemã teve cada garrafa vendida a US$ 200 (R$ 1114).

Samuel Adams Utopia

Samuel Adams Utopia
Samuel Adams Utopia

A quinta cerveja mais cara do mundo é dos Estados Unidos. A Samuel Adams Utopia é lançada de dois em dois anos e produzida em processo de envelhecimento que pode chegar até 18 anos em barris de carvalho usados para conhaque e uísque. Seu teor alcoólico também é alto, chegando a 27%. O custo de cada garrafa é de US$ 150 (R$ 836).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos