Mercado fechará em 5 h 30 min
  • BOVESPA

    109.527,86
    -660,71 (-0,60%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.020,65
    +221,19 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,67
    +0,42 (+0,57%)
     
  • OURO

    1.788,80
    +6,40 (+0,36%)
     
  • BTC-USD

    16.847,15
    -180,38 (-1,06%)
     
  • CMC Crypto 200

    395,24
    -6,57 (-1,63%)
     
  • S&P500

    3.941,26
    -57,58 (-1,44%)
     
  • DOW JONES

    33.596,34
    -350,76 (-1,03%)
     
  • FTSE

    7.515,55
    -5,84 (-0,08%)
     
  • HANG SENG

    18.814,82
    -626,36 (-3,22%)
     
  • NIKKEI

    27.686,40
    -199,47 (-0,72%)
     
  • NASDAQ

    11.459,75
    -106,25 (-0,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5081
    +0,0294 (+0,54%)
     

Quanto exercício físico deve ser feito para compensar um dia de sedentarismo?

Um estudo publicado na revista British Journal of Sports Medicine revelou, pela primeira vez, quanto exercício físico é necessário para neutralizar os efeitos negativos de ficar sentado o dia todo. Na prática, cerca de 30 a 40 minutos por dia de uma atividade intensa devem bastar para compensar 10 horas de sedentarismo.

Para chegar a essa descoberta, a equipe de cientistas analisou nove estudos anteriores, envolvendo um total de 44.370 pessoas em quatro países diferentes. A análise constatou que o risco de morte entre os mais sedentários aumentou à medida que o tempo gasto em atividades físicas no mínimo moderadas diminuiu.

O estudo sugere que praticar atividades como ciclismo ou corrida pode reduzir o risco de morte precoce, a ponto de conter os efeitos negativos do sedentarismo. O material analisado foi publicado junto com o lançamento das Diretrizes Globais 2020 da Organização Mundial da Saúde sobre atividade física e comportamento sedentário.

"Como essas diretrizes enfatizam, toda atividade física conta e qualquer quantidade é melhor do que nenhuma. As pessoas ainda podem proteger sua saúde e compensar os efeitos nocivos da inatividade física”, apontam os pesquisadores.

Estudo aponta quanto exercício físico deve ser feito para compensar um dia de sedentarismo (Imagem: Graham Mansfield/Unsplash)
Estudo aponta quanto exercício físico deve ser feito para compensar um dia de sedentarismo (Imagem: Graham Mansfield/Unsplash)

As diretrizes da OMS de 2020, que recomendam 150 a 300 minutos de atividade física de intensidade moderada ou 75 a 150 minutos de atividade física de intensidade vigorosa todas as semanas para combater o comportamento sedentário.

Nessa categoria de exercício físico leve, entram atividades como subir escadas em vez de pegar o elevador, brincar com crianças e animais de estimação, praticar ioga, dançar, fazer tarefas domésticas, caminhar e andar de bicicleta. Os especialistas recomendam que, para administrar os 30 a 40 minutos imediatamente, dizem os pesquisadores, é preciso começar aos poucos. Já é um bom passo para combater o sedentarismo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: