Mercado abrirá em 4 h 16 min
  • BOVESPA

    108.095,53
    +537,86 (+0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.056,27
    +137,99 (+0,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,88
    +0,52 (+0,72%)
     
  • OURO

    1.787,20
    +1,70 (+0,10%)
     
  • BTC-USD

    50.114,77
    -484,38 (-0,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.309,75
    +4,64 (+0,36%)
     
  • S&P500

    4.701,21
    +14,46 (+0,31%)
     
  • DOW JONES

    35.754,75
    +35,32 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.337,05
    -2,85 (-0,04%)
     
  • HANG SENG

    24.270,65
    +273,78 (+1,14%)
     
  • NIKKEI

    28.725,47
    -135,15 (-0,47%)
     
  • NASDAQ

    16.392,00
    -0,25 (-0,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2692
    -0,0049 (-0,08%)
     

Quanto de armazenamento eu preciso no celular?

·3 min de leitura

Está pensando em trocar de celular esse ano, mas ainda não sabe qual modelo vai escolher? Essa decisão nem sempre é tão fácil, né? Afinal, comprar um novo celular custa caro. Então, o ideal é pensar no seu custo-benefício e procurar pelo modelo que mais combina com as suas necessidades.

Se você precisa de mais desempenho para jogos e aplicativos pesados, vale a pena investir em um celular com um bom processador e mais memória RAM. Agora, se você usa mais as redes sociais e aplicativos leves, vale a pena considerar um celular com uma boa câmera e uma bateria maior.

No entanto, mesmo entre modelos de diferentes marcas, existem alguns detalhes essenciais que são comuns entre os smartphones como, por exemplo — o Armazenamento Interno. Hoje em dia, temos modelos de 32 GB, 64 GB, 128 GB, 256 GB e até mesmo 512 GB (Gigabytes é a medida de espaço de armazenamento).

Por isso, você pode estar se perguntando: “Quanto de armazenamento eu realmente preciso no celular?”. Vou te dar algumas dicas nessa matéria!

Afinal, quanto de armazenamento eu preciso no celular?

Bom, isso depende. Quando compramos um celular novo, a ideia é que ele dure bastante, né? Se você usa muitos aplicativos e costuma fazer várias fotos, a chegada de novas atualizações podem deixar o armazenamento interno de 32 GB um pouco pequeno. Nesse caso, é mais indicado pensar em um celular com 64 GB ou 128 GB de memória.

(Imagem: Unsplash/Matteo Vella/Felipe Freitas)
(Imagem: Unsplash/Matteo Vella/Felipe Freitas)

Em smartphones Android, você também pode aproveitar o armazenamento SD (externo) para ter mais espaço no seu celular. Assim, mesmo um smartphone de 32 GB pode ficar com um espaço enorme. Existem cartões SD de até mesmo 512 GB, mas vale lembrar que seu celular precisa ser compatível com eles, tá?

Cartão Micro SD (Imagem: Divulgação/Sandisk)
Cartão Micro SD (Imagem: Divulgação/Sandisk)

Além disso, outra solução são os serviços de armazenamento em nuvem (online). Você pode aproveitar vários serviços de armazenamento gratuito como o iCloud (iOS), Google Drive (Android | iOS), Mega (Android | iOS) e muitos outros. Eles são ótimas opções para quem tem muitos arquivos como fotos e vídeos. Assim, você pode deixar seus arquivos salvos em segurança na nuvem, sem ocupar espaço no seu celular.

Conclusão

Até mesmo modelos mais básicos de smartphone podem funcionar bem por bastante tempo com 32 GB e 64 GB de armazenamento. Mas, é preciso ficar de olho para não deixar seu armazenamento ficar cheio, tá? Isso pode deixar seu celular mais lento e até mesmo causar problemas no sistema com o passar do tempo. Por isso, nesses smartphones é legal combinar uma ou duas soluções de armazenamento.

(Imagem: Maurizio Pesce / Wikimedia)
(Imagem: Maurizio Pesce / Wikimedia)

Por exemplo, comprar um Cartão Micro SD de 64 GB e usar 50 GB de armazenamento gratuito em nuvem, já pode aliviar bastante o peso do seu celular. Em outros casos, vale muito a pena investir em um celular intermediário com 128 GB ou mais de armazenamento.

(Imagem: Canaltech/Wallace Moté)
(Imagem: Canaltech/Wallace Moté)

Nesses smartphones, leva mais tempo para você sentir que está precisando de mais espaço, mas o segredo é sempre ficar de olho e combinar alternativas. Afinal, não custa nada usar alguns serviços gratuitos de armazenamento para fazer um backup das suas fotos, né? Fica a dica!

Gostou dessa matéria? Compartilhe essas dicas com seus amigos!

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos