Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.471,92
    +579,92 (+0,55%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.723,43
    -192,77 (-0,41%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,53
    -0,48 (-0,54%)
     
  • OURO

    1.792,40
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    23.301,68
    +112,55 (+0,49%)
     
  • CMC Crypto 200

    533,20
    -2,02 (-0,38%)
     
  • S&P500

    4.145,19
    -6,75 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    32.803,47
    +76,67 (+0,23%)
     
  • FTSE

    7.439,74
    -8,32 (-0,11%)
     
  • HANG SENG

    20.201,94
    +27,94 (+0,14%)
     
  • NIKKEI

    28.175,87
    +243,67 (+0,87%)
     
  • NASDAQ

    13.216,50
    -12,25 (-0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2557
    -0,0848 (-1,59%)
     

Quando o Auxílio Brasil de R$ 600 começa a ser pago?

Auxílio Brasil: Há cerca de 2,7 milhões de famílias na fila de espera do benefício (Photo Illustration by Thiago Prudencio/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
Auxílio Brasil: Há cerca de 2,7 milhões de famílias na fila de espera do benefício (Photo Illustration by Thiago Prudencio/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
  • Auxílio Brasil no valor mínimo de R$ 600 começará a ser pago em agosto

  • Há cerca de 2,7 milhões de famílias na fila de espera do benefício

  • Governo federal pretende gastar R$ 41,25 bilhões para pagar auxílios neste ano

O Auxílio Brasil no valor mínimo de R$ 600 começará a ser pago em agosto após a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Benefícios em dois turnos pela Câmara dos Deputados nesta quinta-feira (14.07).

Uma das primeiras medidas a ser adotada pelo governo Bolsonaro com a PEC era justamente o aumento do Auxílio Brasil, subindo o valor de R$ 400 para R$ 600. Para isso, o governo destinou R$ 26 bilhões, que segundo o relator da PEC no Senado, Fernando Bezerra (MDB-PE), também é suficiente para zerar a fila de espera do programa.

Entretanto, entidades e organizações de fora do governo retrucam essa afirmação de Bezerra, afirmando que o dinheiro não é suficiente, e ainda acusam o governo de esconder o tamanho oficial da fila.

Segundo a CNM (Confederação Nacional de Municípios) há cerca de 2,7 milhões de famílias na fila de espera do Auxílio Brasil. Estar na fila quer dizer que a família já se inscreveram no CadÚnico, mas ainda não receberam os fundos do programa. A CNM afirma que seria necessário aumentar o valor destinado pelo governo em R$ 1 bilhão para verdadeiramente zerar a fila.

O governo federal pretende gastar R$ 41,25 bilhões para pagar auxílios neste ano previstos na chamada PEC Kamikaze. Dentre os benefícios que devem ser criados ou ampliados está o Auxílio Brasil, que pode subir de R$ 400 para R$ 600 de forma temporária, o aumento do Auxílio Gás e a criação do Auxílio Diesel de R$ 1.000 para caminhoneiros autônomos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos