Mercado fechará em 3 h 59 min
  • BOVESPA

    111.293,15
    -2.289,86 (-2,02%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.280,33
    -318,20 (-0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,77
    -0,68 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.736,20
    -15,80 (-0,90%)
     
  • BTC-USD

    41.490,48
    -1.815,52 (-4,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.025,95
    -31,20 (-2,95%)
     
  • S&P500

    4.358,51
    -84,60 (-1,90%)
     
  • DOW JONES

    34.360,37
    -509,00 (-1,46%)
     
  • FTSE

    7.028,10
    -35,30 (-0,50%)
     
  • HANG SENG

    24.500,39
    +291,61 (+1,20%)
     
  • NIKKEI

    30.183,96
    -56,10 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.774,75
    -420,00 (-2,76%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3370
    +0,0302 (+0,48%)
     

Quando carros elétricos terão preço mais barato? Para executivo da Mercedes, melhor esperar sentado

·2 minuto de leitura
Quando carros elétricos terão preço mais barato? Para executivo da Mercedes, melhor esperar sentado
Quando carros elétricos terão preço mais barato? Para executivo da Mercedes, melhor esperar sentado

Se você acompanha a nossa editoria, pode ficar com a impressão que carros elétricos já dominam o mercado. Empresas prometem encerrar sua linha de veículos a combustão interna, os lançamentos mais celebrados são todos elétricos, a empresa que mais domina o noticiário é a que só faz elétricos. Somos um site de tecnologia, trazendo o mais avançado em carros, elétricos ou não, e o preço é esse recorte específico.

Choque de realidade: você consegue adivinhar o percentual de carros elétricos vendidos no ano passado (para o qual há estatísticas fechadas) em relação ao total?

O número dado pelo Pew Research Center é 4,6%. Nos Estados Unidos, isso cai para 2%. No Brasil, então… Segundo a Associação Brasileira de Veículos Elétricos, 7.290 elétricos foram emplacados em 2020. De um total de 1.615.620 (números da Fenabrave – Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores). Isso dá 0,4%, mas tem um detalhe ainda: desses 7.290, somente 428 eram elétricos puros. 0,04%, menos de um a cada 2 mil.

Ilustração mostra um carro elétrico sendo recarregado
Ilustração mostra um carro elétrico sendo recarregado. Créditos Herr LoefflerShutterstock

Preço segura o carro elétrico

Mas por que é assim? Simples: siga o dinheiro. Não é falta de consciência ambiental do consumidor, mas carros elétricos são simplesmente muito mais caros que os normais. Um fato fala por si: o carro elétrico mais vendido no Brasil neste ano tem sido o… Porsche Taycan. O elétrico mais barato do Brasil deve ser (está para chegar) o JAC E-JS1, por módicos R$ 149.900.

A tecnologia marcha. Espera-se que isso vá mudar. Mas quando?

Foi com isso em mente que o jornalista John McCann, do Tech Radar, em entrevista com Marcus Schäfer, chefe de operações da Mercedes-Benz, perguntou quando os elétricos vão custar o mesmo que os convencionais.

Leia mais:

“Não num futuro próximo”, afirmou Schäfer. “O conjunto movido a bateria vai continuar a ser uns dois mil euros mais que o equivalente a combustão interna”. (€ 2000 é equivalente a R$ 12.273 hoje; é um arredondamento bem otimista, considerando que o JAC acima citado custa três vezes um veículo de entrada.)

“Eu não vejo [a paridade] acontecendo na metade dos 2000. Ao fim da década, quando baterias forem feitas em maior escala, e houver uma nova química [isto é, nova tecnologia], então o preço pode cair.”

Enfim, a se acreditar em Schäfer, se o futuro do mundo depende de acabarmos com veículos a combustão, e isso depende do carro elétrico diminuir de preço, o futuro não parece promissor.

Imagem: guteksk7/Shutterstock

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos