Mercado abrirá em 48 mins
  • BOVESPA

    116.464,06
    -916,43 (-0,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.053,56
    -72,95 (-0,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,90
    +0,29 (+0,55%)
     
  • OURO

    1.843,50
    -7,40 (-0,40%)
     
  • BTC-USD

    31.591,23
    -477,90 (-1,49%)
     
  • CMC Crypto 200

    634,42
    -5,50 (-0,86%)
     
  • S&P500

    3.849,62
    -5,74 (-0,15%)
     
  • DOW JONES

    30.937,04
    -22,96 (-0,07%)
     
  • FTSE

    6.619,67
    -34,34 (-0,52%)
     
  • HANG SENG

    29.297,53
    -93,73 (-0,32%)
     
  • NIKKEI

    28.635,21
    +89,03 (+0,31%)
     
  • NASDAQ

    13.516,50
    +31,00 (+0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4953
    -0,0155 (-0,24%)
     

PODCAST ESCUTANDO HISTÓRIA: Quando as estátuas caem

Podcast Escutando História
·1 minuto de leitura
Estátua de Edward Colston é derrubada por manifestantes em Londres
Estátua de Edward Colston é derrubada por manifestantes em Londres

No último mês de junho, na sequência dos protestos anti racistas e contra a violência policial contra pessoas negras pelo mundo, vários manifestantes passaram a ter como alvo as estátuas e monumentos homenageando figuras públicas ligadas à escravidão e ao colonialismo.

A destruição de estátuas e monumentos em homenagem a figuras públicas do passado é algo frequente na História. Seja na derrubada de regimes totalitários, no fim de ditaduras ou em protestos públicos como os que ocorrem atualmente, estas manifestações buscam destruir ícones e símbolos de um passado que se deseja superar.

Este episódio do Escutando História recupera alguns desses momentos recorrentes em que a derrubada de estátuas e monumentos revelou o ápice de crises sociais e o desejo por mudança