Mercado fechará em 5 h 41 min
  • BOVESPA

    108.581,00
    -360,68 (-0,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.599,38
    -909,02 (-1,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,76
    -0,38 (-0,45%)
     
  • OURO

    1.840,60
    +8,80 (+0,48%)
     
  • BTC-USD

    33.561,07
    -2.217,45 (-6,20%)
     
  • CMC Crypto 200

    762,62
    +519,94 (+214,25%)
     
  • S&P500

    4.397,94
    -84,79 (-1,89%)
     
  • DOW JONES

    34.265,37
    -450,03 (-1,30%)
     
  • FTSE

    7.384,64
    -109,49 (-1,46%)
     
  • HANG SENG

    24.656,46
    -309,09 (-1,24%)
     
  • NIKKEI

    27.588,37
    +66,11 (+0,24%)
     
  • NASDAQ

    14.262,50
    -164,00 (-1,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1962
    +0,0062 (+0,10%)
     

Qualcomm, Nokia e Juganu colaboram para aplicações em 5G

·2 min de leitura

Uma colaboração entre Qualcomm, Nokia e Juganu pretende padronizar o espectro 5G para cidades inteligentes e casos de uso em serviços públicos de internet das coisas (IoT) no Brasil. Enquanto a Nokia traz a tecnologia celular 5G e a Juganu oferece sua luminária de rua inteligente e integrada, a Qualcomm chega com integração de tecnologia 5G e de soluções de IoT.

Segundo Bruno Gemus, CEO Brasil da Juganu, o projeto pode ajudar a mudar o cenário da iluminação pública viária no Brasil e no mundo. “A experiência é inovadora. Ela garante conectividade 5G para o município, que pode usar a rede para diversas aplicações. Assim, é possível reduzir a necessidade de instalação de muitas antenas pela cidade.”

O projeto tem apoio da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O objetivo é demonstrar que o uso de dispositivos de iluminação pública simplifica a instalação e a fusão tecnológica enquanto reduz o custo e o tempo de implementação.

Parceria busca padronizar o espectro 5G (Imagem: Reprodução/Pixabay/jeferrb)
Parceria busca padronizar o espectro 5G (Imagem: Reprodução/Pixabay/jeferrb)

José Palazzi, diretor sênior de vendas da Qualcomm, destaca que a colaboração busca apoiar a padronização da utilização do espectro 5G. “Estamos muito orgulhosos de apoiar essa iniciativa no Brasil. As soluções 5G da Qualcomm em ondas milimétricas e outras frequências do espectro podem ter impacto positivo em cidades e comunidades inteligentes ao integrar desenvolvimentos de IoT e transformar sociedades por meio da tecnologia.”

As redes de quinta geração são conhecidas por seu potencial para revolucionar tanto a indústria 4.0 quanto o processo de adoção de novos serviços, como as cidades inteligentes. “Um estudo recente elaborado em conjunto por Nokia e Omdia prevê que até 2035 o 5G vai garantir US$ 1,2 trilhão (R$ 6,7 trilhões) em produtividade no Brasil”, relata Ailton Santos, head do Brasil da Nokia.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos