Mercado abrirá em 3 h 2 min

Qual time brasileiro tem o caminho mais difícil na Libertadores 2020?

Pedro José Domingues
·4 minuto de leitura

A Conmebol realizou na tarde da última sexta-feira (22) o sorteio das próximas fases da Copa Libertadores e da Copa Sulamericana. Realizado em Luque, no Paraguai, o sorteio definiu os confrontos das oitavas da Libertadores, com destaque para duelos entre brasileiros e argentinos.

Dos oito brasileiros classificados para essa edição da Liberta, seis clubes avançaram às oitavas. Corinthians e São Paulo foram eliminados nas fases preliminares e fase de grupos, respectivamente.

Haverá ao todo três confrontos de equipes brasileiras contra equipes argentinas: o Athletico Paranaense enfrentará o River Plate, enquanto o atual campeão Flamengo pega o Racing, e o Internacional enfrenta o Boca Juniors.

As outras três equipes, no entanto, viajarão um pouco mais para suas partidas. O Palmeiras enfrentará o Delfín, do Equador, uma das surpresas do campeonato. O Grêmio pega o Guaraní-PAR, carrasco do Corinthians na edição, e o Santos enfrenta a LDU, do Equador.

Confira abaixo o chaveamento do mata-mata do torneio.

O caminho mais difícil para clubes brasileiros certamente será o lado esquerdo do chaveamento, como mostrado no tweet acima. Apenas o Guaraní-PAR, que enfrentará o Grêmio, nunca conquistou a taça da Libertadores nesse lado do chaveamento

Flamengo e Inter enfrentarão duas grandes equipes argentinas que vivem ótimo momento: Racing e Boca Juniors. Atual campeão da Superliga, o Boca vem de ótimos resultados desde o retorno do futebol argentino pós-paralisação, sob liderança do veterano Carlitos Tévez - os clubes argentinos só retornaram para competições internacionais, no último mês, mas uma nova competição nacional já está sendo planejada.

Boca Juniors v LIbertad - Copa CONMEBOL Libertadores 2020 | Pool/Getty Images
Boca Juniors v LIbertad - Copa CONMEBOL Libertadores 2020 | Pool/Getty Images

O Racing, por sua vez, também vive bom momento sob comando do promissor técnico Sebastian Beccaccece. Apesar da saída de Matías Zaracho, um dos pilares da equipe, a equipe de Avellaneda ainda mostra muita força com jogadores como o paraguaio Matías Rojas e o atacante Lisandro López.

FBL-LIBERTADORES-RACING-MERIDA | JUAN IGNACIO RONCORONI/Getty Images
FBL-LIBERTADORES-RACING-MERIDA | JUAN IGNACIO RONCORONI/Getty Images

Santos e Grêmio, teoricamente, enfrentarão clubes de menores expressão nesse lado da chave. Porém, tratam-se de equipes muito organizadas e que podem surpreender mais do que já estão surpreendendo nessa competição.

O Guaraní possui ótimos valores e uma equipe muito competente. Destaque para jogadores como o meia Cecílo Domínguez e o atacante Raul Bobadilla, que teve recente passagem no futebol alemão.

FBL-LIBERTADORES-PALMEIRAS-GUARANI | MIGUEL SCHINCARIOL/Getty Images
FBL-LIBERTADORES-PALMEIRAS-GUARANI | MIGUEL SCHINCARIOL/Getty Images

Já a LDU, se apresenta como uma equipe muito organizada e competente sob comando do técnico argentino Pablo Repetto. Destque para Billy Arce, extremo de muita qualidade e de potencial enorme.

Espera-se dois confrontos muito movimentados e bastante equilibrados. Bons jogos para se acompanhar.

Liga Deportiva Universitaria v Sao Paulo - Copa CONMEBOL Libertadores 2020 | Franklin Jacome/Getty Images
Liga Deportiva Universitaria v Sao Paulo - Copa CONMEBOL Libertadores 2020 | Franklin Jacome/Getty Images

No outro lado da chave, temos Athletico Paranaense e Palmeiras. No confronto do rubro-negro, o adversário é o fortíssimo River Plate de Marcelo Gallardo.

O River hoje tem um dos elencos mais fortes do continente, com jogadores de destaque em todas as posições e jovens muito promissores. Com certeza será um confronto muito complicado para o Athletico, que vive mau momento no Brasileirão.

River Plate v Sao Paulo - Copa CONMEBOL Libertadores 2020 | Marcelo Endelli/Getty Images
River Plate v Sao Paulo - Copa CONMEBOL Libertadores 2020 | Marcelo Endelli/Getty Images

É até difícil apontar um destaque na equipe de "Muñeco Gallardo", de tantos ótimos valores que a equipe apresenta. Mas, mesmo com as saídas de Exequiel Palacios e Martínez-Quarta para o futebol europeu, o time continua fortíssimo. Todo cuidado é pouco.

O Palmeiras enfrentará o equatoriano Delfín, estreante no mata-mata da competição. Após se classificar de forma heróica na fase de grupos, os equatorianos ainda se mostram como um time com muitas dificuldades e deficiências. A tendência é que o Palmeiras passe com tranquilidade, apesar da indefinição do comando técnico.

Com tudo isso, o caminho mais complicado e com mais "pedreiras' para os brasileiros será no lado esquerdo do chaveamento. Será uma Libertadores com um nível muito bom, e com equipes muito interessantes para acompanharmos.

Destaco aqui a ótima equipe do Independente Del Valle, de Miguel Ángel Ramírez, o poderoso River de Gallardo, o Racing de Rojas, Lisandro López e cia, e o Flamengo, atual campeão da Libertadores, e um dos favoritos ao título.

Os jogos estão com datas marcadas já para o fim do próximo mês. Clique aqui para conferir a tabela completa.

Para simular o seu mata-mata, clique aqui para fazer a simulação do ge.