Mercado fechará em 3 horas 1 minuto

Qual o tamanho do prejuízo dos grandes com jogos de portões fechados

Pablo comemora gol no Morumbi sem torcida (Rubens Chiri/São Paulo)

Campeonato Paulista, Carioca, Mineiro e Gaúcho experimentaram ao longo do fim de semana jogos com portões fechados. A decisão conseguiu ser ruim para todos: os atletas, que não queriam entrar em campo, e os clubes, que acumularam prejuízo pela ausência de bilheteria.

O Blog fez um levantamento para estimar quanto os grandes de cada um desses campeonatos deixaram de faturar, conforme você conhecerá abaixo. Os números se baseiam em rendas anteriores, de jogos equivalentes.

São José x Inter
O São José havia feito três jogos em casa no Gauchão e tomou prejuízo nos três. Diante do Inter, era a chance de fazer uma enorme receita e cobrir as despesas das três rodadas anteriores.

Grêmio x São Luiz
O Tricolor gaúcho até virou a partida e venceu o São Luiz por 3 a 2, mas deixou de faturar cerca de R$ 350 mil líquido. Essa foi a receita recente em duelo contra o Esportivo, também pelo Campeonato Gaúcho, com 11 mil pagantes.

Cruzeiro x Coimbra
A Raposa entra em campo neste domingo e deve deixar de embolsar cerca de R$ 50 mil. Foi essa a receita do Cruzeiro no confronto com o América, pelo Campeonato Mineiro. É bem verdade que os cruzeirenses já amargaram prejuízo no estadual, diante do Uberlândia: foram 9.700 pagantes e déficit de R$ 13 mil.

Villa Nova x Atlético-MG
O Villa viveu neste sábado situação idêntica a do São José. O time mineiro havia feito três jogos em casa, todos com prejuízo. Agora, diante do Atlético, era a chance de fazer dinheiro. Não aconteceu, por causa dos portões fechados, e o time ainda perdeu por 3 a 1, na estreia de Jorge Sampaoli.

Vasco x Fluminense
A julgar pelo que tem sido o Campeonato Carioca, Vasco e Fluminense teriam um lucro pequeno no clássico deste domingo, apesar dos 21 mil ingressos vendidos de forma antecipada. Vasco e Flu não faturariam mais do que R$ 50 mil, cada um.

Botafogo x Bangu
O caso do Botafogo é uma exceção. Em todos os jogos que fez no Carioca deste ano, o Glorioso tomou prejuízo, o que certamente aconteceria também neste domingo, mesmo com 10 mil ingressos já vendidos. Com portões fechados, ao menos, o Fogão terá um déficit menor.

Flamengo x Portuguesa
Apesar de ter vencido de virada, com gols aos 43 e 45 minutos do segundo tempo, o Flamengo deixou de faturar cerca de R$ 270 mil com os portões fechados. O Fla já tinha vendido mais de 20 mil ingressos de forma antecipada.

São Paulo x Santos
O Tricolor foi aquele que mais perdeu com o clássico sem torcida em todo o futebol brasileiro. Levando em consideração o último clássico no Morumbi, com receita líquida de R$ 1,5 milhão, dá pra imaginar que o São Paulo deixou de faturar algo semelhante.

Corinthians x Ituano
Em crise financeira, o Corinthians jogará na arena em Itaquera vazia neste domingo e deixará de embolsar cerca de R$ 500 mil - vale lembrar que o dinheiro da bilheteria é utilizado para pagar as prestações do estádio. Se o Paulistão prosseguir sem torcida, o Timão vai perder um caminhão de dinheiro no clássico contra o Palmeiras - cerca de R$ 1,8 milhões.