Mercado fechará em 1 h 16 min
  • BOVESPA

    113.117,95
    +2.192,35 (+1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.478,90
    +21,35 (+0,04%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,92
    -0,30 (-0,37%)
     
  • OURO

    1.809,90
    -5,30 (-0,29%)
     
  • BTC-USD

    16.952,67
    -28,49 (-0,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    402,36
    +0,94 (+0,23%)
     
  • S&P500

    4.055,02
    -21,55 (-0,53%)
     
  • DOW JONES

    34.312,17
    -82,84 (-0,24%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.940,25
    -122,50 (-1,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4871
    +0,0217 (+0,40%)
     

Qual o significado da palavra "Koo"?

Desde a semana passada, o Koo virou febre no Brasil. A rede social do Passarinho Amarelo, agora com uma versão em português brasileiro, acumulou mais de 1 milhão de downloads em menos de 48 horas após o lançamento no Brasil e, além de ser uma alternativa interessante ao Twitter, chama atenção pelo nome — mais especificamente pelas piadas relacionadas a pronúncia dele.

Contudo, “Koo” está longe de significar aquilo que os usuários brasileiros fazem parecer em piadas como “já abriu seu Koo?” ou “você pode me dar seu Koo?”. Para tirar isso a limpo, a própria empresa se manifestou no Twitter para esclarecer a origem do nome:

“Aos nossos amigos do Brasil! Koo é o som deste lindo pássaro amarelo. Não é o que vocês pensam”, explicou a plataforma no post.

Portanto, o termo "koo" segue a mesma linha criativa da palavra "tweet" ("tuíte", em português) que, em inglês, significa "gorjeio" ou "pio de passarinhos".

Como pronuncia “Koo”?

Não há informações oficiais acerca da pronúncia correta da palavra "Koo". Na língua Híndi, idioma mais falado na Índia, país de origem do Koo, se fala algo próximo ao fonema "Cô", como a primeira sílaba da fruta "Coco".

Naturalmente, o som varia conforme o sotaque. Em entrevista para um veículo local, por exemplo, o cofundador da rede social Aprameya Radhakrishna menciona a plataforma como o fonema "cu" durante todo o papo, então é provável que ambas as formas sejam aceitas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: