Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.509,03
    -114,82 (-0,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Qual a diferença do cabo de rede CAT5, CAT5e e CAT6?

·5 minuto de leitura

O que diferencia os cabos de rede disponíveis no mercado? São diversos tipos disponíveis, como os CAT 5, CAT5e, e CAT6 — os mais encontrados. Afinal, há situações em que optamos por uma conexão de internet com fios em vez do Wi-Fi, e é bom estar por dentro das diferenças entre os padrões para saber quais recursos e tecnologias oferecem.

Pensando em ajudar nisso, o Canaltech separou os principais diferenciais de cada um dos padrões mais populares para cabos de rede encontrados atualmente no mercado, para que assim você saiba exatamente qual precisa comprar para fazer a conexão que melhor vai te atender.

O que é o cabo de rede CAT5?

O mais antigo entre os cabos de rede comercialmente disponíveis, o CAT5 é hoje considerado defasado. Mas não se preocupe: se você o utiliza na sua rede doméstica, ele muito provavelmente dará conta do trabalho por mais algum tempo. Isso porque ele opera a velocidade máxima de 100 Mbps, o que é bastante se a velocidade contratada com a sua provedora de internet é de até 100 MEGA.

Hoje em dia, porém, muitas empresas já oferecem velocidades de 200 Mbps, 300 Mbps, ou mais. Se você utiliza pacote com velocidade superior a 100 Mbps contratado, o ideal é substituir o cabo de rede CAT5 por um mais moderno, pois ele só permitirá que essa taxa seja usada para comunicação com o seu dispositivo — e isso a uma distância máxima de 100 metros.

(Imagem: Pixabay/Pexels)
(Imagem: Pixabay/Pexels)

Além da limitação de velocidade, o cabo de rede CAT5 pode lidar com perdas de pacotes por causa de crosstalk. Ou seja, ele pode sofrer interferências de outros cabos ao seu redor. Isso acaba se traduzindo em falhas entre o modem ou roteador e o ponto de acesso, causando pontuais lentidões, indisponibilidade, ou até mesmo esporádicas interrupções de downloads.

Além disso, o cabo de rede CAT5 opera em frequência de 100 MHz. É uma frequência baixa, mas que não deve impactar mesmo tarefas intensas de streaming ou download único, ainda que frequências maiores possam tornar mais estáveis conexões quando múltiplos arquivos estão sendo transferidos.

O que é o cabo de rede CAT5e?

O cabo de rede CAT5e leva esse nome por ser uma versão “Enhanced” (melhorada) do CAT5. Ele é um cabo mais adequado para quem tem conexões acima de 100 Mbps em casa. Isso porque ele consegue atingir 1000 Mbps em transferências, arredondado para a chamada rede Gigabit.

Ele acaba sendo um bom meio-termo entre o CAT5 e o CAT6, porque consegue entregar velocidade maior e custa um pouco menos, no geral, que a versão mais avançada. Algumas desvantagens, porém, seguem presentes: é o caso do crosstalk, e também da frequência de 100 MHz.

Assim como a geração anterior, ele pode ser utilizado para conectar o ponto de internet a um dispositivo a uma distância máxima de 100 metros.

O que é o cabo de rede CAT6?

O cabo de rede CAT6 é uma grande evolução em relação às tecnologias anteriores. Além de permitir conexão doméstica de 1000 Mbps em distâncias máximas de 100 metros, ele também alcança 10 Gbps se a distância for de até 50 metros.

Você muito provavelmente não tem tudo isso de internet na sua casa e nem uma placa de rede compatível para tanta velocidade, mas imagine que para usuários avançados e segmentos específicos da indústria isso é de grande ajuda para, por exemplo, transferir arquivos entre computadores locais a velocidades exorbitantes.

(Imagem: Brett Sayles/Pexels)
(Imagem: Brett Sayles/Pexels)

Os usuários domésticos, porém, também ganham outras melhorias: há redução na possibilidade do crosstalk graças a um novo arranjo interno dos pares metálicos. Agora, eles contam com uma divisão dos fios internos — geralmente com nylon — que reduz a chance de interferências.

Ao contrário das gerações anteriores, o cabo de rede CAT6 usa a frequência de 250 MHz. Isto significa que além de maiores velocidades potenciais, há mais “espaço” para múltiplos pontos de download e upload, aumentando a eficiência nesse tipo de tarefa.

Um ponto talvez negativo é que seu preço costuma ser mais elevado. O consumidor pode considerar se o gasto maior compensa por estas vantagens adicionais — ou se o cabo de rede CAT5e atende suficientemente suas necessidades.

Por que usar um cabo de rede?

Um cabo de rede leva a conexão de internet do seu modem ou roteador até um computador, notebook, Smart TV ou outro dispositivo compatível. Há vantagens quando se opta por conexão com fios, como um ping (tempo de resposta) menor em jogos, além de redução de instabilidades quando comparamos com o Wi-Fi — que dependendo da distância entrega velocidades menores que a contratada com o provedor. Sem mencionar que a própria conexão entre o modem e o roteador deve ser feito com um cabo de rede adequado para garantir uma distribuição wireless eficiente.

Como identificar um cabo de rede CAT 5, 5e, e 6?

(Imagem: Pixabay/Pexels)
(Imagem: Pixabay/Pexels)

Os cabos de rede CAT 5, CAT5e e CAT6 possuem alguns pontos em comum: todos utilizam o conector RJ-45 nas duas pontas, por isso são compatíveis com qualquer roteador ou modem já instalado na sua casa. Além disso, todos utilizam pares metálicos trançados internamente. Estruturalmente são muito parecidos — e isso inclusive como pode gerar dúvidas no momento da compra.

A melhor forma de distingui-los é observar as inscrições no corpo do cabo. Alguns dados técnicos aparecem escritos no comprimento, e dessa forma é possível identificá-los quando não são comercializados diretamente em uma embalagem própria com as informações impressas no pacote.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos