Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,82 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,44 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,15
    +0,39 (+0,47%)
     
  • OURO

    1.795,10
    -1,20 (-0,07%)
     
  • BTC-USD

    61.158,05
    -116,70 (-0,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,70 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,92 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.126,93
    +109,43 (+0,42%)
     
  • NIKKEI

    28.517,12
    -287,73 (-1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.314,75
    -26,25 (-0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5775
    -0,0033 (-0,05%)
     

Qual é o carro mais caro do mundo?

·3 minuto de leitura

Quando alguém te pergunta qual o carro mais caro do mundo, aposto que as primeiras marcas que vem à sua cabeça são Ferrari, Lamborghini ou Bugatti, correto? As três montadoras, embora tenham em suas linhas de produção alguns modelos com preços estratosféricos, não são responsáveis pelo atual carro mais caro do mundo.

O posto pertence a uma marca que também simboliza luxo, mas em uma pegada mais clássica e menos esportiva. Estamos falando da Rolls-Royce. Sinônimo de qualidade, alto-padrão e, claro, conforto, a marca britânica fundada em 1906, e que tem no currículo uma forte ligação com a realeza, hoje é também a fabricante do carro mais caro do mundo.

E qual é, afinal, o carro mais caro do mundo? De acordo com a Forbes, o posto pertence ao exclusivíssimo Boat Tail, avaliado em “apenas” US$ 28 milhões. O preço é equivalente a R$ 146,3 milhões, dinheiro suficiente para comprar 3.372 Fiat Mobi, atualmente o carro mais barato à venda no Brasil e que custa cerca de R$ 44 mil.

E o que o Rolls-Royce Boat Tail tem de tão especial para custar quase R$ 150 milhões e ser o carro mais caro do mundo? Torsten Müller-Ötvös, chefe-executivo da Rolls-Royce, explica: “O Boat Tail é o ápice da colaboração, ambição, empenho e tempo. Ele nasceu do desejo de celebrar o sucesso e criar um legado duradouro e, com essa realização notável, forja um momento crucial na história de nossa marca e no cenário de luxo contemporâneo”.

Design exclusivo

Imagem: Divulgação/Rolls-Royce
Imagem: Divulgação/Rolls-Royce

Traduzindo o que o executivo da Rolls-Royce quis dizer com seu discurso rebuscado: o Boat Tail nasceu para ser “algo inédito”. Construído do zero, ele foi desenvolvido em conjunto pela Rolls-Royce Coachbuild, braço da empresa, e pelos futuros compradores, que se comprometeram a arcar com os custos no momento da encomenda.

A Rolls-Royce obedeceu à risca algumas das sugestões dos clientes bilionários, que pediram por “algo que nunca tinham visto antes”. O carro mais caro do mundo levou quatro anos para ser finalizado e teve apenas três unidades produzidas. Uma delas, por sinal, teve como destino a garagem de Jay-Z e Beyoncé.

“Somente a House of Rolls-Royce pode oferecer a seus clientes Coachbuild a oportunidade inimitável de comissionar um produto de significado histórico futuro, que é fundamentalmente único como eles são, e então participar de cada detalhe de sua criação”, comentou Torsten Müller-Ötvös.

A construção do carro mais caro do mundo apresenta carroceria feita de forma artesanal e única para cada uma das três unidades, graças aos detalhes personalizáveis da marca. Cada Boat Tail conta com 1800 peças em sua construção, que foi inspirada em um design náutico, mas também carrega traços do Rolls-Royce Boat Tail Tourer, modelo fabricado em 1932, cuja parte de trás simulava a polpa de um barco.

Por dentro do carro mais caro do mundo

Imagem: Divulgação/Rolls-Royce
Imagem: Divulgação/Rolls-Royce

O interior do carro, tanto no campo do design quanto no que se refere à motorização, também contribui para o Rolls-Royce Boat Tail ser o carro mais caro do mundo. O porta-malas, por exemplo, abriga duas geladeiras. Uma exclusiva para manter a champanhe na agradável temperatura de 6ºC. Além disso, há um compartimento repleto de talheres e louças da grife francesa Christofle, todos gravados com o nome do carro e a insígnia da Rolls-Royce.

O carro mais caro do mundo também não pretende deixar os donos beberem a champanhe simplesmente sentados no banco, que é de couro azulado. O Boat Tail tem dois bancos dobráveis, de fibra de carbono, duas mesas próprias para saborear um coquetel e um guarda-sol embutido na traseira.

Imagem: Divulgação/Rolls-Royce
Imagem: Divulgação/Rolls-Royce

“O Rolls-Royce Boat Tail desafia a noção do que é um carro a motor e cria uma nova definição do que significa um carro a motor. Não é apenas o método para chegar a um destino, mas o próprio destino.Este é um luxo autêntico. Este é o patrocínio contemporâneo em sua forma mais verdadeira. Este é o Rolls-Royce”, concluiu o executivo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos