Mercado fechará em 5 h 9 min
  • BOVESPA

    113.807,26
    +99,50 (+0,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.452,79
    -281,25 (-0,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,38
    +2,27 (+2,58%)
     
  • OURO

    1.778,30
    +1,60 (+0,09%)
     
  • BTC-USD

    23.442,86
    +28,54 (+0,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    558,81
    +1,08 (+0,19%)
     
  • S&P500

    4.278,65
    +4,61 (+0,11%)
     
  • DOW JONES

    33.934,39
    -45,93 (-0,14%)
     
  • FTSE

    7.528,13
    +12,38 (+0,16%)
     
  • HANG SENG

    19.763,91
    -158,54 (-0,80%)
     
  • NIKKEI

    28.942,14
    -280,63 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.515,75
    +22,50 (+0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2489
    -0,0103 (-0,20%)
     

Quais cidades no mundo já adotaram o rodízio de carros?

Adotado em São Paulo desde 1997, o rodízio de carros é uma medida praticada em algumas cidades do mundo para ajudar a diminuir o tráfego de veículos nas ruas e a reduzir o nível de poluentes trazidos pelos combustíveis. No caso da capital paulista, as regras valem diariamente, com revezamento de placas e somente nos dias úteis.

Em outras cidades, o rodízio veicular, como também é chamado, tem características semelhantes. Em algumas delas, houve a manutenção da ideia; em outras, ela durou pouco tempo e é utilizada em situações emergenciais, como na cidade de Milão, na Itália, que passou por forte crise de poluição do ar em 2002.

Veja abaixo quais cidades adotam o sistema de rodízio de carros.

Atenas (Grécia)

Na capital da Grécia, o rodízio veicular existe desde 1979. Por lá, o revezamento se dá em dias pares e ímpares, com carros sendo impedidos de circular nos dias correspondentes ao número final de sua placa das 7h às 20h entre segunda e quinta-feira e 7h às 15h às sextas-feiras.

Bogotá (Colômbia)

Em Bogotá, capital da Colômbia, a restrição é bem parecida com a de Atenas. O que muda é apenas o período em que os carros precisam ficar na garagem: das 6h às 8h30 e das 15h às 19h30, sempre nos dias úteis.

O trãnsito em Bogotá é caótico em determinadas horas do dia (Imagem: Divulgação/ Tokota/ Wikimedia Commons)
O trãnsito em Bogotá é caótico em determinadas horas do dia (Imagem: Divulgação/ Tokota/ Wikimedia Commons)

Cidade do México (México)

Mais peculiar dos rodízios de carros pelo mundo, o da Cidade do México tem um efeito interessante na qualidade do ar, com base em estudos experiências do governo local.

Na capital mexicana, estão proibidos de circular carros entre 9 e 15 anos de fabricação, durante um dia por semana e dois sábados por mês, variando sempre de acordo com o final da placa. O período de restrição é das 5h às 22h.

Carros com até oito anos de fabricação não têm restrições desde que estejam certificados e com as revisões em dia.

A Cidade do México, além de densamente povoada e com muitos carros, sofre com as condições de poluição e clima por estar localizada em um vale e na altitude.

La Paz (Bolívia)

Na capital boliviana, as regras são idênticas às de São Paulo, com carros de placa com final 1 e 2 na segunda, 3 e 4 na terça, 5 e 6 na quarta, 7 e 8 na quinta e 9 e 0 na sexta. O que muda é o horário: 8h às 20h.

Manila (Filipinas)

Segunda maior cidade das Filipinas, Manila tem o rodízio de carros como forma de diminuir o tráfego na hora do rush. Por lá, as regras são idênticas às de São Paulo, com carros de placa com final 1 e 2 na segunda, 3 e 4 na terça, 5 e 6 na quarta, 7 e 8 na quinta e 9 e 0 na sexta.

A diferença está no horário da "noite", sendo das 15h às 19h. Na manhã, tudo igual: 7h às 10h.

O trânsito em Manila te lembra algum lugar no Brasil? (Imagem: Divulgação/ RioHondo/ Wikimedia Commons)
O trânsito em Manila te lembra algum lugar no Brasil? (Imagem: Divulgação/ RioHondo/ Wikimedia Commons)

Medellín (Colômbia)

Em Medellín o esquema de rodízio também é peculiar. Por lá, os carros não podem rodar em dois dias da semana, com combinações bem diferentes para não haver repetição: 6, 7, 8, 9 na segunda, 0, 1, 2, 3 na terça, 4, 5, 6, 7, na quarta, 8, 9, 0, 1 na quinta e 2, 3, 4, 5 na sexta.

Pequim (China)

Implementado durante os Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008, o rodízio de carros na capital chinesa se parece muito com o de São Paulo no revezamento por finais de placa. A diferença fica mesmo no período: das 7h às 20h.

Quito (Equador)

A situação na capital equatoriana é bem parecida com São Paulo, com revezamento por dia e número final da placa desde 2010. As restrições são concentradas em dois períodos: 7h às 9h30 e das 16h às 19h30.

Com o rodízio de carros, Quito conseguiu melhorar o trânsito (Imagem: Divulgação/ George Miquilena/ Flickr)
Com o rodízio de carros, Quito conseguiu melhorar o trânsito (Imagem: Divulgação/ George Miquilena/ Flickr)

San José (Costa Rica)

No mesmo esquema de São Paulo, São José se difere apenas no período de restrição: 8h às 20h.

Santiago (Chile)

Santiago é uma das cidades que mais sofrem com a poluição do ar na América do Sul. Pensando nisso, o governo local implementou o rodízio de carros com base no "selo verde".

Carros que instalarem um catalisador no escapamento estarão livres para circular todos os dias. Do contrário, seguem um esquema parecido com Medellín, não podendo rodar por dois dias, das 7h30h às 21h.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos