Mercado fechará em 6 h 4 min
  • BOVESPA

    110.108,62
    -472,17 (-0,43%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.509,54
    +205,50 (+0,40%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,65
    +0,88 (+0,80%)
     
  • OURO

    1.849,40
    -16,00 (-0,86%)
     
  • BTC-USD

    29.628,39
    +523,01 (+1,80%)
     
  • CMC Crypto 200

    659,61
    -11,39 (-1,70%)
     
  • S&P500

    3.950,92
    +9,44 (+0,24%)
     
  • DOW JONES

    31.972,58
    +43,96 (+0,14%)
     
  • FTSE

    7.526,67
    +42,32 (+0,57%)
     
  • HANG SENG

    20.171,27
    +59,17 (+0,29%)
     
  • NIKKEI

    26.677,80
    -70,34 (-0,26%)
     
  • NASDAQ

    11.830,00
    +59,00 (+0,50%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1522
    -0,0200 (-0,39%)
     

Quadro raro de Botticelli é arrematado por R$ 242 milhões

·1 min de leitura
Quadro raro de Botticelli, obra data do final do século XV/ início do século XVI
Quadro raro de Botticelli, obra data do final do século XV/ início do século XVI

(Theo Wargo/Getty Images/AFP)

  • Quadro raro de Botticelli é arrematado por R$ 242,5 milhões

  • Leilão na Sotheby's durou sete minutos

  • Acredita-se que obra tenha sido pintada por volta de 1.500

Um quadro do pintor renascentista Sandro Botticelli (1445-1510) foi arrematado por nada menos que US$ 45 milhões (R$ 242,5 milhões) em um leilão na Sotheby’s. O evento aconteceu nesta quinta-feira (27), em Nova York.

Leia também:

A obra se chama The Man of Sorrows (O Homem das Dores) e retrata Jesus Cristo com um círculo de anjos formando uma auréola em torno de sua cabeça, logo atrás da coroa de espinhos na testa. Os braços e mãos aparecem amarrados por uma corda.

De acordo com especialistas, o quadro foi pintado por volta de 1.500, época em que o artista estava envolvido com as pregações do padre Girolamo Savonarola.

Disputa

O leilão durou sete minutos e as propostas foram feitas em lances progressivos de US$ 100 mil por dois compradores, que se desafiaram por telefone. Quem arrematou o quadro foi Elisabeth Lobkowicz, vice-presidente especialista em pinturas de grandes mestres da Sotheby’s.

A oferta vencedora é de US$ 39,3 milhões (R$ 212 milhões), mas taxas e encargos levaram ao preço final de US$ 45,24 milhões.

Anteriormente, a obra pertencia à coleção pessoal de um curador, que a adquiriu por £ 10.000 em 1963. A quantia equivale, atualmente, a R$ 1.609.163,27.

Com informações do Poder360

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos