Mercado fechado
  • BOVESPA

    125.052,78
    -1.093,88 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.268,45
    +27,94 (+0,06%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,17
    +0,26 (+0,36%)
     
  • OURO

    1.802,10
    -3,30 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    33.651,79
    +876,51 (+2,67%)
     
  • CMC Crypto 200

    786,33
    -7,40 (-0,93%)
     
  • S&P500

    4.411,79
    +44,31 (+1,01%)
     
  • DOW JONES

    35.061,55
    +238,20 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.027,58
    +59,28 (+0,85%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.091,25
    +162,75 (+1,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1216
    +0,0014 (+0,02%)
     

Quadrilha que investia dinheiro de pirâmide financeira em criptos é alvo de ação do MP

·1 minuto de leitura
Imagem ilustrativa. (Foto: Getty Images)
Imagem ilustrativa. (Foto: Getty Images)
  • Ação do MP atingiu quadrilha que operava pirâmide.

  • Acusados operavam corretoras falsas.

  • Dinheiro era convertido em criptos, segundo a polícia.

Uma ação deflagrada nesta terça-feira (22) pelo Ministério Público de Minas Gerais – a segunda fase de uma operação chamada “Black Monday” – atingiu uma quadrilha que, segundo a polícia, operava esquemas de pirâmide financeira.

Leia também:

Ao todo, foram expedidos nove mandados em Pouso Alegre (MG), cumpridos em Florianópolis (SC), que resultaram na prisão de duas pessoas, supostos líderes do grupo.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

As informações são do portal de notícias G1. De acordo com a reportagem, foram alvo da polícia dois escritórios onde a quadrilha operava.

Neles, associados do grupo operavam falsas corretoras de investimentos, e buscavam ativamente pessoas físicas dispostas a investir seu dinheiro em supostos produtos financeiros. Ocorre que tudo não passava de um golpe.

Ainda de acordo com a investigação, os acusados então utilizavam o dinheiro de suas vítimas para fazer seus próprios investimentos, em alguns casos em criptomoedas, dinheiro digital conhecido por sua facilidade de transmissão e dificuldade de rastreamento.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos