Mercado abrirá em 8 h 26 min
  • BOVESPA

    110.925,60
    -1.560,41 (-1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.457,55
    -227,31 (-0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,38
    +0,16 (+0,20%)
     
  • OURO

    1.810,70
    -4,50 (-0,25%)
     
  • BTC-USD

    16.909,51
    -247,01 (-1,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    400,75
    -5,41 (-1,33%)
     
  • S&P500

    4.076,57
    -3,54 (-0,09%)
     
  • DOW JONES

    34.395,01
    -194,76 (-0,56%)
     
  • FTSE

    7.558,49
    -14,56 (-0,19%)
     
  • HANG SENG

    18.603,72
    -132,72 (-0,71%)
     
  • NIKKEI

    27.679,84
    -546,24 (-1,94%)
     
  • NASDAQ

    12.017,00
    -45,75 (-0,38%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4628
    -0,0026 (-0,05%)
     

Putin oficializa anexação de regiões ucranianas

Putin oficializa anexação de regiões ucranianas

Vladimir Putin assinou hoje quatro decretos sobre a anexação das autoproclamadas Repúblicas Populares de Donetsk e Luhansk e das regiões de Kherson e Zaporíjia. Nos documentos assinados esta quarta-feira, está escrito que as instalações da maior central nuclear da Europa "devem ser aceites como propriedade federal".

O presidente russo garantiu que todos vão ser tratados da mesma forma.“Temos 3 milhões de cidadãos russos de origem ucraniana. Nós não fazemos, nunca fizemos e não vamos fazer nenhuma diferença entre russos e ucranianos. Vamos seguir o nosso caminho - e acredito que esse caminho é de criação - e vamos cortar com tudo o que nos impede de seguir em frente”, declarou Putin.

A anexação destes quatro territórios não tem reconhecimento internacional. A Ucrânia garante que recuperou terreno nestas regiões e Volodymyr Zelenskyy fala em decisões e movimentos nulos. “Assinei um decreto declarando nulos e sem efeito todos os decretos do presidente da Federação Russa e todos os atos adotados para implementar esses decretos de tentativa de anexação do nosso território de 2014 até hoje. Quaisquer decisões russas, quaisquer tratados com os quais eles tentem tomar nossas terras são inúteis”, afirmou o presidente ucraniano.

A posição de Volodymyr Zelenskyy foi partilhada pelo governador de Luhansk. Esta quarta-feira divulgou um vídeo nas redes sociais onde diz que várias áreas na região foram reconquistadas pelo exército da Ucrânia.