Mercado fechado

Putin e Trump veem mercado de petróleo em situação desfavorável para Rússia e EUA

Presidente da Rússia, Vladimir Putin, no Kremlin em Moscou

MOSCOU (Reuters) - O presidente russo Vladimir Putin e o norte-americano Donald Trump concordaram durante uma conversa por telefone nesta segunda-feira que a atual situação dos mercados globais de petróleo não é favorável para nenhum dos dois países, disse o governo da Rússia nesta terça-feira.

Trump e Putin chegaram a um acordo durante a ligação para que as principais autoridades de energia de ambos os países discutam a queda do mercado mundial de petróleo, disse o Kremlin.

Na véspera, Trump disse que Rússia e Arábia Saudita "ficaram loucas", após os dois países terem iniciado uma guerra de preços, em disputa por participação no mercado.

Nesta terça-feira, o governo russo disse que os dois concordaram sobre a realização de consultas adicionais sobre o mercado de petróleo, mas não deu uma data para novas conversas.

"Sem dúvida, há um entendimento de que a atual situação do mercado de petróleo não é do interesse de nossos países", disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.

Ao ser questionado, Peskov recusou-se a comentar se os dois líderes falaram sobre a Arábia Saudita durante o telefonema.

(Por Alexander Marrow e Maxim Rodionov)