Mercado abrirá em 2 h 14 min
  • BOVESPA

    120.294,68
    +997,55 (+0,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.329,84
    +826,13 (+1,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    62,83
    -0,32 (-0,51%)
     
  • OURO

    1.746,10
    +9,80 (+0,56%)
     
  • BTC-USD

    62.662,63
    -937,18 (-1,47%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,91
    -7,87 (-0,57%)
     
  • S&P500

    4.124,66
    -16,93 (-0,41%)
     
  • DOW JONES

    33.730,89
    +53,62 (+0,16%)
     
  • FTSE

    6.968,40
    +28,82 (+0,42%)
     
  • HANG SENG

    28.793,14
    -107,69 (-0,37%)
     
  • NIKKEI

    29.642,69
    +21,70 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    13.874,75
    +76,00 (+0,55%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7682
    -0,0047 (-0,07%)
     

Pulseira Fitbit Charge 4 agora pode monitorar o nível de oxigênio no sangue

Diego Sousa
·2 minuto de leitura

A norte-americana Fitbit lançou nesta segunda-feira (22) uma atualização para a Charge 4, pulseira inteligente lançada em abril do ano passado, que trouxe alguns recursos de monitoramento presentes em dispositivos mais caros, como Apple Watch Series 6, caso da oximetria e da temperatura corporal. A atualização já está disponível para todos os usuários do produto.

A oximetria é um teste que mede o nível de saturação de oxigênio ou os níveis de oxigênio no sangue (SpO2). Segundo a Fitbit, ao usar o Charge 4 para dormir todas as noites, a pulseira medirá o Sp02 no pulso todas as manhãs e fará uma média a cada 7 dias no painel Healh Metrics do aplicativo da empresa.

Aparentemente, a Charge 4 também possui os sensores na parte interna da caixa que são capazes de medir o reflexo da luz vermelha e infravermelha do sangue através do pulso, estimando o nível de SpO2 de acordo com os batimentos do coração. O recurso já se encontra em outros relógios da Fitbit, como Versa 3, Sense e Ionic.

Relógios inteligentes da Fitbit já possuem monitoramento de SpO2 (Imagem: Divulgação/Fitbit)
Relógios inteligentes da Fitbit já possuem monitoramento de SpO2 (Imagem: Divulgação/Fitbit)

Por falar no Health Metrics, ele é uma ferramenta do aplicativo Fitbit que ajuda o usuário a ficar de olho no seu bem-estar. O painel é pago e oferece um panorama das métricas de saúde, como a variabilidade da frequência cardíaca, respiratória e RHR, além da saturação de oxigênio e da variação da temperatura corporal.

Outro recurso que chega ao Fitbit Charge 4 é o rastreamento de temperatura corporal. A funcionalidade consegue descobrir quando há mudanças na temperatura, podendo identificar um início potencial de febre.

O Fitbit Charge 4 foi anunciado em abril do ano passado com GPS integrado, autonomia de até sete dias, resistência à água e suporte para pagamentos (Fitbit Pay). A atualização já está disponível para todos os usuários que possuem a pulseira.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: