Mercado abrirá em 5 h 2 min
  • BOVESPA

    110.249,73
    +1.405,98 (+1,29%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.828,13
    +270,48 (+0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,52
    +1,03 (+1,46%)
     
  • OURO

    1.779,90
    +1,70 (+0,10%)
     
  • BTC-USD

    42.622,66
    -595,02 (-1,38%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.062,52
    -1,33 (-0,12%)
     
  • S&P500

    4.354,19
    -3,54 (-0,08%)
     
  • DOW JONES

    33.919,84
    -50,63 (-0,15%)
     
  • FTSE

    7.044,34
    +63,36 (+0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.067,75
    +43,75 (+0,29%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1771
    -0,0020 (-0,03%)
     

PS5: Sony deixa de ter prejuízo com venda do novo console

·2 minuto de leitura

A Sony não está mais vendendo consoles PlayStation 5 com prejuízo. Segundo o diretor financeiro da empresa, Hiroki Totoki, o PS5 com unidade de disco já é vendido por um preço superior aos custos de produção.

O prejuízo gerado pela venda do PS5 Digital Edition a US$ 399 também deve ser compensado em breve com vendas de acessórios e consoles PlayStation 4, segundo o executivo.

Imagem: Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech
Imagem: Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech

A revelação aconteceu após a Sony informar que bateu a marca de 10 milhões de PS5 vendidos em todo o mundo. O mais recente relatório fiscal da empresa ainda mostrou que o PS4 continua vendendo e possui mais de meio milhão de unidades comercializadas no último trimestre fiscal.

Com os números, o console da geração passada já soma 116,4 milhões de unidades vendidas.

Diferente do que está acontecendo com o PS5, um histórico levantado pelo site The Verge mostrou que a Sony demorou anos para parar de perder dinheiro nas vendas do PS3. Em comparação, o PS4 deixou de ser vendido com prejuízo cerca de seis meses após sua estreia em 2013.

O PS5 demorou um pouco mais que o PS4 para reverter as vendas com prejuízos devido ao elevado preço das peças do console, como o SSD, e a crise de abastecimento de semicondutores em todo mundo, que gera a falta de estoques de consoles da nova geração.

A empresa, assim como suas concorrentes, costumam vender consoles abaixo do custo de produção para garantir um preço competitivo para o consumidor. A estratégia aposta na venda de jogos e acessórios em grande escala para reverter as perdas com a venda de hardware.

  • Assine o Game Pass e turbine seu Xbox com uma biblioteca que inclui mais de 100 jogos para você baixar a qualquer momento

No lado verde da força, a Microsoft revelou no início deste ano que vende seus consoles Xbox com prejuízo e não tem lucro apenas com hardware. O processo entre Epic Games e Apple revelou que a Microsoft obtém lucro com as vendas de jogos e assinaturas de serviços online, como o Game Pass. A divisão de games não divulga o número de vendas de hardware desde o início da vida do Xbox One.

  • Como baixar ou excluir jogos do Xbox pelo celular

  • Saiba quando GTA 5 vai sair do Xbox Game Pass

Ao retomar os lucros, a Sony agora mira em recuperar o fôlego nos próximos meses.

Nesta quarta-feira (4), a empresa divulgou o relatório fiscal do primeiro trimestre de 2021 apontando para uma queda de 40% na receita da divisão de jogos e serviços online. A redução dos lucros se deve à diminuição das vendas do PS4 e a parcela de prejuízo gerada pelo preço final do PS5.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos