Mercado abrirá em 5 h 48 min

PS5 e Xbox Series X serão mais parecidos com PCs, diz fundador da Valve

Claudio Yuge

Nesta semana ficamos sabendo mais sobre as especificações técnicas dos consoles da próxima geração, o PlayStation 5 e o Xbox Series X. E uma das coisas que chamou a atenção foi o fato de ambos terem capacidades de processamento e gráficos muito semelhantes. De acordo com o fundador da Valve, Gabe Newell, isso os tornam muito parecidos com os PCs Windows e mais próximos de “distribuidores de jogos e entretenimento” do que exatamente máquinas distintas para experiências exclusivas.

Segundo Newell, a arquitetura desses sistemas é boa para os desenvolvedores, porque assim eles não precisam se preocupar tanto em escolher entre um console, PC ou dispositivo móvel. PS5 e o Xbox Series X têm projetos similares de GPU e CPU, portanto os programadores não precisam se preocupar tanto com suporte e compatibilidade entre dispositivos.

"Essas questões parecem ser menos relevantes. Antes, o suporte a consoles, PCs ou celulares era muito mais de um por cento do orçamento total de desenvolvimento, então essas decisões tinham um grande impacto sobre como a indústria investiria em termos de futuro. Acho que isso é menos importante agora", destacou o executivo.

Imagem: Reprodução/Reuters

"Acho que [os novos consoles] são apenas pontos de entrega para as experiências de entretenimento das pessoas. Isso é legal. É bom para os desenvolvedores, pois eles agora precisam fazer menos apostas que estão fora de controle. Tudo está convergindo em torno de projetos similares de CPU básica e projetos de camadas superiores de GPU. Se você é um desenvolvedor de software, não precisa se preocupar com isso, pois sabe que vai funcionar em todos”, acrescentou.

Os comentários de Newell estão alinhados com o que Atsushi Inaba, chefe da Platinum Games, pensa sobre o PS5 e o Xbox Series X. Ele afirmou que esses consoles são basicamente os mesmos. "Está tudo bem. E com isso quero dizer que as coisas mudarão mais rápido, os gráficos serão melhores e talvez seja mais fácil com menos tempo de espera… Isso é bom para o consumidor”.

Contudo, também pode haver um processo de criação horizontal e menos inovador. "Mas é mais do mesmo, francamente, em comparação com as gerações anteriores. Não é nada disruptivo ou super inovador, se você me perguntar", comentou Inaba.

O PS5 e o Xbox Series X devem ser lançados no final do ano, ainda sem previsão de preço.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: