Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.545,32
    -102,67 (-0,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.670,60
    -127,78 (-0,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,44
    +0,16 (+0,19%)
     
  • OURO

    1.765,20
    -3,10 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    61.417,63
    +956,59 (+1,58%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.434,35
    -17,29 (-1,19%)
     
  • S&P500

    4.486,41
    +15,04 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    35.257,44
    -37,32 (-0,11%)
     
  • FTSE

    7.203,83
    -30,20 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    25.409,75
    +78,75 (+0,31%)
     
  • NIKKEI

    29.025,46
    +474,56 (+1,66%)
     
  • NASDAQ

    15.277,50
    +143,00 (+0,94%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4077
    +0,0039 (+0,06%)
     

PS3, PS Vita: Sony removerá opção de pagamento com cartão e PayPal

·1 minuto de leitura

A Sony informou que a loja online PlayStation Store deixará de aceitar pagamentos via cartão e PayPal nos consoles PlayStation 3 e PlayStation Vita a partir do dia 27 de outubro. A empresa não explicou o motivo.

Ainda será possível comprar conteúdos digitais na loja, mas adicionando saldo à conta da PlayStation Network. Para isso, o jogador terá que utilizar um PC, um celular, um PlayStation 4 ou um PlayStation 5 — nessas plataformas, o uso de cartões e PayPal segue liberado. Outra opção é comprar vale-presentes, já que “os vouchers de produtos e vouchers de assinatura também podem ser utilizados”; aprenda a resgatá-los aqui.

Essa mesma lógica será mantida a jogos que tenham lojas internas para compra de itens e DLCs: “será necessário utilizar fundos da carteira para pagar pelo o conteúdo na PlayStation Store”. Isso acontece porque as transações desses conteúdos também são feitas através da PS Store.

Sony queria acabar com a PS Store no PS3 e PS Vita

A empresa deixou claro que pretendia descontinuar completamente a loja digital em consoles antigos em março deste ano devido aos “desafios de dar suporte comercial para dispositivos mais antigos”. Porém, após a repercussão negativa entre os jogadores, a japonesa recuou no mês seguinte — apenas a loja do PlayStation Portable (PSP) foi extinta.

Na época, o presidente e CEO da Sony, Jim Ryan, afirmou: “vemos agora que muitos de vocês estão incrivelmente entusiasmados com a possibilidade de continuar a comprar jogos clássicos de PS3 e PS Vita no futuro próximo, então fico feliz por termos encontrado uma solução para continuar as operações”.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos