Mercado fechará em 1 h 29 min
  • BOVESPA

    119.323,95
    -240,48 (-0,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.928,17
    +528,37 (+1,09%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,68
    -0,95 (-1,45%)
     
  • OURO

    1.813,50
    +29,20 (+1,64%)
     
  • BTC-USD

    56.783,46
    -536,80 (-0,94%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.474,73
    +3,31 (+0,23%)
     
  • S&P500

    4.170,72
    +3,13 (+0,08%)
     
  • DOW JONES

    34.340,71
    +110,37 (+0,32%)
     
  • FTSE

    7.076,17
    +36,87 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.637,46
    +219,46 (+0,77%)
     
  • NIKKEI

    29.331,37
    +518,77 (+1,80%)
     
  • NASDAQ

    13.500,50
    +9,50 (+0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3727
    -0,0542 (-0,84%)
     

Prova para concurso da Polícia Rodoviária Federal volta a ser adiada

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
Concurso foi adiado. (Foto: Divulgação/PRF)
Concurso foi adiado. (Foto: Divulgação/PRF)
  • Justiça suspendeu novamente prova para concurso da Polícia Rodoviária Federal.

  • Decisão cita prevenção contra a pandemia do novo coronavírus.

  • A prova já havia sido adiada anteriormente pelos mesmos motivos.

A Justiça Federal ordenou nova suspensão das provas objetivas e discursivas do concurso da Polícia Rodoviária Federal, marcadas para ocorrer no próximo domingo (9). As informações são do portal de notícias UOL.

Leia também:

Originalmente, a prova estava marcada para ocorrer no último dia 28 de março, mas foi suspensa por conta das medidas de restrição contra o novo coronavírus.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Agora, de novo, a Justiça argumenta que não há condições sanitárias para que se realize a prova, que depende de presença física dos candidatos para a realização dos testes.

Ainda cabe recurso contra a decisão.

Salário de R$ 9,9 mil

O edital de concurso da Polícia Rodoviária Federal foi lançado em janeiro, com detalhes do processo seletivo que escolherá 1,5 mil pessoas para integrar a corporação. As vagas são de nível superior, têm salários de R$ 9,9 mil e carga horária de 40 horas semanas de trabalho.

Do total de vagas, 300 delas são para candidatos negros, e 75 para pessoas com algum tipo de deficiência.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube