Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.664,35
    -786,85 (-0,73%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.102,55
    -339,66 (-0,75%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,12
    -0,11 (-0,14%)
     
  • OURO

    1.669,40
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    19.402,80
    -48,06 (-0,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    443,53
    -2,45 (-0,55%)
     
  • S&P500

    3.640,47
    -78,57 (-2,11%)
     
  • DOW JONES

    29.225,61
    -458,13 (-1,54%)
     
  • FTSE

    6.881,59
    -123,80 (-1,77%)
     
  • HANG SENG

    17.105,72
    -60,15 (-0,35%)
     
  • NIKKEI

    25.979,75
    -442,30 (-1,67%)
     
  • NASDAQ

    11.225,00
    -3,25 (-0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3033
    +0,0053 (+0,10%)
     

Prova corrigida por Elon Musk é leiloada por R$ 43 mil

·1 min de leitura
Elon Musk
Leilão aconteceu em Boston

(Patrick Pleul - Pool/Getty Images)

  • Prova corrigida por Musk é leiloada por R$ 43 mil

  • Atividade é de 1995, época em que o empresário trabalhava como assistente de um professor

  • O papel traz a assinatura do empresário e um comentário em uma das questões

Uma prova corrigida, anos atrás, por Elon Musk, o homem mais rico do mundo, foi leiloada por nada menos que R$ 43,27 mil (US$ 7.753) em uma casa de Boston. O papel, rubricado pelo bilionário, traz marcas de caneta e um comentário em resposta a uma das questões: a palavra “gráfico”.

A atividade data de 1995, época em que o CEO da Tesla e SpaceX atuava como assistente do professor Myles Bass na Wharton School of Business da Universidade da Pensilvânia.

Brian Thomas, o aluno por trás da prova, diz que não se lembra de Musk nas salas de aula. Segundo a agência UPI, ele teria guardado os papéis por conta das boas lembranças que tinha do professor Bass, sendo seu filho o responsável por identificar a assinatura do bilionário.

O comprador que levou para casa os papéis preferiu não se identificar.