Mercado fechará em 2 h 41 min
  • BOVESPA

    113.096,51
    -967,85 (-0,85%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.265,19
    -199,08 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,20
    +0,90 (+1,23%)
     
  • OURO

    1.751,20
    +1,40 (+0,08%)
     
  • BTC-USD

    42.118,46
    -2.449,10 (-5,50%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.048,90
    -54,16 (-4,91%)
     
  • S&P500

    4.450,44
    +1,46 (+0,03%)
     
  • DOW JONES

    34.758,15
    -6,67 (-0,02%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.282,75
    -20,75 (-0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2491
    +0,0241 (+0,39%)
     

Protagonista de 'Nos tempos do Imperador', Michel Gomes conta que é parado por andar de motocicleta em bairro onde vive

·1 minuto de leitura

Nova novela das seis, ''Nos tempos do Imperador'' vai mostrar a luta dos negros pela igualdade social no Brasil durante o governo de D. Pedro II. Apesar do cenário já ter melhorado desde o período retratado na novela, ainda há muita luta pela frente. Protagonista da trama, Michel Gomes diz que ainda vive situações parecidas com as que Samuel/Jorge enfrenta no folhetim.

Leia mais:

— As histórias da novela são dos nossos ancestrais, mas também são histórias que vivo até hoje. Moro num bairro onde, toda vez que saio de moto, levo uma 'dura' até alguém saber que eu sou público. Meu irmão ainda mora na favela, toma 'dura' todo dia e tem policial entrando na casa dele. Nós (negros) somos os que mais sofrem, então, quando estou em cena, consigo escrever toda minha vida ali. Estou contando minha história também.

Por colocar suas dores em Samuel, Michel conta que tem tido dificuldade para se separar do personagem enquanto grava a novela, que estreia em 9 de agosto:

Leia também:

— O único desafio é deixar meu personagem no trabalho, chegar em casa e relaxar. Eu não consigo trabalhar de outra forma que não seja na intensidade, e meu corpo não entende isso. Quando estou fora do estúdio, minha mente não para. É desafiador esse personagem ficar (no trabalho) e eu ser o Michel. Nesse período eu estou sendo metade Michel e metade Jorge/Samuel. Mesmo assim, eu amo e me divirto com isso. No dia que eu não tiver tesão no que eu faço, vou procurar outra coisa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos