Mercado abrirá em 10 hs
  • BOVESPA

    109.786,30
    +2.407,38 (+2,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    42.736,48
    +469,28 (+1,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,36
    +0,45 (+1,00%)
     
  • OURO

    1.808,00
    +3,40 (+0,19%)
     
  • BTC-USD

    19.038,83
    -81,48 (-0,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    379,22
    +9,47 (+2,56%)
     
  • S&P500

    3.635,41
    +57,82 (+1,62%)
     
  • DOW JONES

    30.046,24
    +454,97 (+1,54%)
     
  • FTSE

    6.432,17
    +98,33 (+1,55%)
     
  • HANG SENG

    26.950,48
    +362,28 (+1,36%)
     
  • NIKKEI

    26.671,63
    +506,04 (+1,93%)
     
  • NASDAQ

    12.162,75
    +86,75 (+0,72%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4003
    +0,0034 (+0,05%)
     

Protótipo SN8 do Starship enfrenta problemas em teste de ignição estática

Danielle Cassita
·3 minuto de leitura

No início da semana, a SpaceX realizou o segundo teste de ignição estática com o protótipo SN8, o atual do foguete Starship, e tudo correu bem durante o procedimento. Já o terceiro teste, realizado na noite de quinta-feira (12), o cenário mudou e os resultados não foram satisfatórios: pouco depois do teste, um material pareceu escorrer da base do foguete.

Como o nome indica, os testes de ignição estática são feitos com a ativação dos motores, mas o foguete se mantém preso ao solo. Assim, após o procedimento, houve o vazamento de material da base do foguete, algo que não deveria acontecer. A SpaceX e Elon Musk, CEO da empresa, confirmaram pouco depois que houve algo fora do planejado; em sua conta do Twitter, Musk comentou que a pneumática do veículo foi perdida e o motivo era desconhecido, e mencionou também que esperava que o disco de ruptura fosse acionado para aliviar a pressão. Na prática, isso significa que os sistemas hidráulicos necessários para operar as válvulas do foguete saíram do controle.

Felizmente, algum tempo depois, Musk confirmou que o disco cumpriu sua tarefa e tudo pareceu estar bem com o veículo. Esses discos são dispositivos de uso único que, assim como as válvulas, têm a função de selar partes dos sistemas dos veículos; quando são abertos, eles aliviam a pressão. Apesar do incidente, o SN8 tinha pelo menos um ou alguns discos instalados, que se abrem quando a pressão vai além de determinado nível. O cone no "nariz" do foguete fez isso, e se abriu para criar um escape para a pressão que aumentava no interior do veículo — e que poderia causar uma explosão no tanque de oxigênio líquido.

O CEO afirmou que a causa do problema será investigada. Apesar de tudo parecer estar bem com o veículo, Musk mencionou que pelo menos um dos motores será trocado; então, o teste final em que o Starship irá realizar um “salto” de 15 km de altitude provavelmente será adiado. Os testes de ignição estática anteriores, realizados em outubro e na última terça-feira, foram etapas de preparação para este teste final; se tudo correr bem, o protótipo vai voar mais alto que seus antecessores — os protótipos SN5 e SN6 alcançaram a altitude máxima de 150 m.

Confira a filmagem do teste e da anomalia:

O sistema Starship, da SpaceX, é um misto de foguete com veículo espacial, contando com um booster poderoso chamado Super Heavy. A ideia é que ambos sejam completamente reutilizáveis e, na versão final, o Starship terá seis motores Raptor, enquanto o Super Heavy deverá contar com 30 deles. A empresa considera o Starship como o sistema pioneiro de transporte espacial que irá permitir a colonização de Marte — uma ambição já manifestada por Elon Musk, que espera fazer o primeiro voo não tripulado do Starship para o Planeta Vermelho já em 2024. A SpaceX afirma que o Starship será capaz de transportar até 100 pessoas a destinos como Lua e Marte.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: