Mercado abrirá em 12 mins
  • BOVESPA

    106.471,92
    +579,92 (+0,55%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.723,43
    -192,77 (-0,41%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,93
    -1,08 (-1,21%)
     
  • OURO

    1.798,50
    +7,30 (+0,41%)
     
  • BTC-USD

    24.111,70
    +1.024,73 (+4,44%)
     
  • CMC Crypto 200

    563,44
    +28,21 (+5,27%)
     
  • S&P500

    4.145,19
    -6,75 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    32.803,47
    +76,67 (+0,23%)
     
  • FTSE

    7.488,21
    +48,47 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    20.045,77
    -156,17 (-0,77%)
     
  • NIKKEI

    28.249,24
    +73,37 (+0,26%)
     
  • NASDAQ

    13.324,50
    +95,75 (+0,72%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2301
    -0,0365 (-0,69%)
     

Pronampe libera novos empréstimos para pequenos e médios negócios; saiba mais

Começou nesta segunda-feira (25) a liberação de crédito para pequenos e médios negócios pelo Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe). A portaria nº 6.320 publicada no Diário Oficial da União liberou um limite cerca de R$ 50 bilhões em crédito para concessão de empréstimos a microempresários e donos de empresas de pequeno e médio porte. Segundo a Secretaria Especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia (Sepec/ME), a contratação da operação vai até dezembro de 2024.

O Pronampe foi criado no ano de 2020 com o intuito de auxiliar os empreendedores no período de pandemia causado pela covid. O empréstimo pode ser solicitado por Microempreendedores Individuais (MEIs) e microempresas que faturam até R$ 360 mil por ano; pequenos empresários faturando entre R$ 360 mil e R$ 4,8 milhões anualmente; e organizações de médio porte com receita de até R$ 300 milhões por ano.

Todo o processo é realizado acessando o portal e-CAC, no site da Receita Federal. Uma vez na página oficial, o interessado precisa clicar no botão “Autorizar o compartilhamento de dados” e escolher qualquer instituição financeira disponível na lista.

O Pronampe é um programa do governo federal lançado em 2020 para ajudar os empresários a enfrentar os efeitos negativos da pandemia de COVID (Imagem:Reprodução/Caixa Econômica Federal)
O Pronampe é um programa do governo federal lançado em 2020 para ajudar os empresários a enfrentar os efeitos negativos da pandemia de COVID (Imagem:Reprodução/Caixa Econômica Federal)

Fazendo isso o empresário compartilhará as informações relacionadas ao faturamento da empresa com a instituição financeira escolhida, que, após as devidas análises deverá disponibilizar o valor na conta bancária do empreendimento.

As regras para solicitar o empréstimo junto ao Pronampe são as seguintes:

  • É possível solicitar empréstimos de até 30% da receita bruta anual da empresa em 2019;

  • Para novos negócios, que ainda não possuem 12 meses de funcionamento, o limite liberado pelo programa do governo é de até metade do capital social ou de 30% da média do faturamento mensal;

  • O empreendedor que solicitar o empréstimo deve manter o número de empregados por até 60 dias.

Vale ainda ressaltar que o Pronampe deve ser utilizado para as pequenas e médias empresas usarem os recursos obtidos em investimentos, como adquirir máquinas e equipamentos, realizar reformas, etc; e/ou para despesas operacionais, como salário dos funcionários, pagamento de contas como água, luz, aluguel, compra de matérias-primas, mercadorias, entre outras.

Empréstimo do Pronampe tem juros altos?

De acordo com nota enviada pelo Sebrae, a taxa máxima de juros do Pronampe é igual à Selic (atualmente em 13,25% ao ano). No entanto, os empréstimos liberados pelo programa do governo terão um acréscimo de 6%, o que dá 19,25% anuais.

A Selic é a taxa básica de juros da economia do Brasil. Ela atua nas demais taxas de juros do país, como as cobradas em empréstimos por exemplo.

O Sebrae explica que o aumento da Selic nos últimos meses acabou impactando a taxa dos empréstimos, mas continua mais atrativa quando comparada à média cobrada por instituições financeiras, que gira em torno de 34% ao ano.

Como pagar o empréstimo do Pronampe?

O empréstimo concedido aos empreendedores poderá ser parcelado em até 48 vezes. Há uma carência de até 11 meses, dessa maneira, o solicitante poderá começar a pagar só no 12º mês.

Vale destacar que esse processo de carência não é automático, e o solicitante precisa requerer junto à instituição financeira. Algumas organizações disponibilizam a solicitação por telefone, aplicativo ou via internet, outras apenas presencialmente.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos