Mercado abrirá em 4 h 34 min
  • BOVESPA

    119.297,13
    +485,13 (+0,41%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.503,71
    +151,51 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,09
    +0,91 (+1,51%)
     
  • OURO

    1.746,40
    -1,20 (-0,07%)
     
  • BTC-USD

    64.637,57
    +3.669,98 (+6,02%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.397,90
    +103,91 (+8,03%)
     
  • S&P500

    4.141,59
    +13,60 (+0,33%)
     
  • DOW JONES

    33.677,27
    -68,13 (-0,20%)
     
  • FTSE

    6.901,44
    +10,95 (+0,16%)
     
  • HANG SENG

    28.900,83
    +403,58 (+1,42%)
     
  • NIKKEI

    29.620,99
    +82,29 (+0,28%)
     
  • NASDAQ

    13.982,50
    +6,75 (+0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,8422
    +0,0110 (+0,16%)
     

Projeto para a primeira cidade de Marte abriga 250 mil pessoas

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
A “metrópole” marciana se chamaria Nüwa.
A “metrópole” marciana se chamaria Nüwa.
  • Estúdio revelou projeto para a primeira cidade habitada de Marte.

  • O plano é iniciar construção em 2054, e conclui-la até o final do século.

  • Projeto é do estúdio ABIBOO, do arquiteto Alfredo Munoz.

Com as notícias de que Elon Musk está acelerando seus planos para as primeiras viagens tripuladas para Marte, e a construção da primeira base humana no planeta vermelho ainda nesta década, designers também têm se movimentado no sentido de imaginar como seria o futuro da habitação no vizinho terrestre.

Leia também:

Um exemplo é o estúdio ABIBOO, do arquiteto Alfredo Munoz, que projetou o que ele enxerga como a primeira cidade habitada em Marte, que teria capacidade para abrigar até 250 mil pessoas. O plano é iniciar construção em 2054, e terminá-la até o final do século.

A “metrópole” marciana se chamaria Nüwa.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Visão de futuro

Um vídeo divulgado pelo estúdio mostra diversos conceitos da pólis, que seria construída em um paredão rochoso marciano. As informações são do site Dezeen, especializado em design e arquitetura.

Na sequência, é possível ver as milhares de casas distribuídas pela superfície do planeta, todas abastecidas por energia solar de milhares de painéis fotovoltaicos.

Também é possível ver os interiores de alguns desses edifícios com características futuristas: um deles possui até vegetação, cultivada em um ambiente que lembra o de uma estufa.

Assista:

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube