Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.667,78
    +440,32 (+0,38%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.151,38
    -116,95 (-0,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,40
    +0,18 (+0,28%)
     
  • OURO

    1.802,70
    +4,80 (+0,27%)
     
  • BTC-USD

    49.382,89
    +1.103,50 (+2,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    979,60
    -35,32 (-3,48%)
     
  • S&P500

    3.925,43
    +44,06 (+1,14%)
     
  • DOW JONES

    31.961,86
    +424,51 (+1,35%)
     
  • FTSE

    6.658,97
    +33,03 (+0,50%)
     
  • HANG SENG

    29.718,24
    -914,40 (-2,99%)
     
  • NIKKEI

    29.671,70
    -484,33 (-1,61%)
     
  • NASDAQ

    13.290,00
    -12,00 (-0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5790
    -0,0315 (-0,48%)
     

Projeto de Lei quer obrigar fabricantes a incluirem carregador com celular

Felipe Junqueira
·2 minuto de leitura

Os esforços para tentar obrigar fabricantes de celulares a incluírem carregador e fone na caixa ainda não acabaram. Depois de notificações de Procon e Senacon e até mesmo de um processo na Justiça movido por um consumidor, agora um deputado federal criou um projeto de lei sobre o assunto.

De autoria de Marcelo Ramos, do PL-AM, o texto classifica a falta de carregador na caixa de “uma verdadeira afronta ao consumidor brasileiro, uma vez que tal componente se trata de parte essencial ao próprio uso do terminal”. A ideia é, via Projeto de Lei 5451/20, forçar as fabricantes a incluírem não somente o carregador como qualquer acessório “necessário à função do dispositivo” sejam incluídos na venda de produtos de telefonia móvel, informa a Agência Câmara de Notícias.

“Causou espécie a recente notícia, amplamente divulgada na mídia, de que a fabricante Apple pretende comercializar seu novo iPhone 12, em todas as versões e modelos, sem fonte de alimentação ou fones de ouvido, vindo acompanhado apenas de um cabo para conexão à fonte”, afirmou o autor do projeto, para quem a retirada dos acessórios é uma tentativa da empresa de aumentar seus lucros “de forma injustificada”.

É bom lembrar que não foi apenas do iPhone 12 que a Apple removeu acessórios, mas também de todos os modelos ainda fabricados para o mercado brasileiro, o que inclui iPhone XR, SE (2020) e 11. Além da Apple, a Samsung também deve anunciar, nesta terça-feira, a venda do Galaxy S21 sem carregador ou fone de ouvido na caixa.

O PL 5451/20 quer incluir a obrigatoriedade de produtos de telefonia móvel incluírem todos os acessórios considerados importantes para o bom funcionamento do aparelho no Código de Defesa do Consumidor. A proposta está em análise na Câmara dos Deputados e ainda precisa ser aprovada na Casa e no Senado, além de receber sanção do presidente da República para virar lei. A duração do processo varia bastante, e pode demorar vários meses ou até alguns anos até a aprovação. Veja mais sobre a tramitação de projetos de lei.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: