Mercado abrirá em 8 h 16 min
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,35 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,92
    +0,28 (+0,39%)
     
  • OURO

    1.774,00
    +5,00 (+0,28%)
     
  • BTC-USD

    33.798,08
    -2.024,98 (-5,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    835,71
    -104,23 (-11,09%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,32 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.413,42
    -387,85 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.902,45
    -1.061,63 (-3,67%)
     
  • NASDAQ

    14.001,50
    -33,50 (-0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0026
    -0,0335 (-0,55%)
     

Projeto DeFi oferece tokens de graça para compensar hack de US$ 25 milhões

·3 minuto de leitura

A mais recente plataforma de finanças descentralizadas a sofrer um ataque hacker propôs um plano de compensação para as vítimas.

Em 12 de abril, a plataforma de staking e investimento passivo xToken foi hackeada por meio de empréstimos instantâneos (flash loan). Mais de US$ 24 milhões foram retirados dos pools de liquidez com rendimento da Synthetix (SNX) e Bancor (BNT).

A equipe por trás do projeto já havia proposto que 1% da oferta de tokens XTK fosse entregue ao longo de um ano para compensar as vítimas do hack. No entanto, a última proposta busca uma restituição mais justa para as vítimas

Recompensa de 20 milhões de tokens

A proposta vem de consenso entre as vítimas de que uma restituição justa seria de 2% da oferta do XTK, entregue ao longo de um ano. O plano ressalta que o valor de mercado do XTK antes do hack era de cerca de US$ 500 milhões em valor totalmente diluído (FDV).

“Essa avaliação poderia ser restaurada se a confiança, o capital e a comunidade fossem fortalecidos e os interesses alinhados em torno de garantir um futuro de sucesso para o projeto xToken”, diz o documento.

O texto diz ainda que os US$ 25 milhões perdidos são cerca de 5% do FDV de antes, e que os 2% seriam justos para compensar a falha do projeto sem esquecer que o risco inerente aos quais os participantes se dispuseram a correr.

Os tokens XTK têm oferta total de 1 bilhão, portanto, 20 milhões serão alocados para compensação. No fechamento da matéria, eles seriam avaliados em um total de US$ 3,84 milhões, ou apenas cerca de 15% a mais do que a quantia perdida. Os preços do XTK caíram 50% só na última semana.

Entenda o caso do xToken

O Rekt Blog analisou o ataque e revelou que o hacker fez um empréstimo instantâneo na bolsa dYdX no valor total de 61.833 ETH ou cerca de US$ 267 milhões.

O invasor usou o valor extraível do minerador Flashbots (MEV), uma medida criada para estudar a segurança de consenso, modelando o lucro de um minerador ou validador. Várias transações foram realizadas para depositar, pedir emprestado, trocar, vender e pagar empréstimos antes que o saque fosse feito.

O xToken é um dos vários protocolos DeFi que decidiram compensar seus usuários após uma grande violação de segurança ou exploração do sistema. Outros incluem Rari Capital, que foi hackeado em 8 de maio novamente usando empréstimos flash da dYdX.

O fundador do protocolo, Jai Bhavnani, afirmou que havia um plano para usar alguns dos fundos do desenvolvedor a fim de recompensar as vítimas. Cerca de dois milhões de Tokens de Governança Rari (RGT) que foram anteriormente alocados para colaboradores do protocolo e expansão do ecossistema foram usados ​​para compensação.

Nas primeiras horas da manhã de domingo (16), o token DeFi XTK era negociado com queda de 4,7% no dia, a US$ 0,192, de acordo com o CoinGecko.

O artigo Projeto DeFi oferece tokens de graça para compensar hack de US$ 25 milhões foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos