Mercado fechado

Projeção para déficit do governo central em 2020 cai para R$ 82,335 bi

Mariana Ribeiro

Em 2020, o governo central está autorizado a registrar um déficit de até R$ 124 bilhões A mediana das estimativas do mercado para o déficit primário do governo central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) em 2020 caiu de R$ 83,992 bilhões para R$ 82,335 bilhões, entre as edições de dezembro de 2019 e janeiro de 2020 do relatório Prisma Fiscal, divulgado nesta quinta-feira pelo Ministério da Economia.

Marcos Santos/USP Imagens

O documento traz as projeções das áreas de pesquisa de instituições financeiras e de consultorias econômicas para os principais indicadores fiscais do governo.

Em 2020, o governo central está autorizado a registrar um déficit de até R$ 124 bilhões, configurando seu sétimo ano consecutivo de resultado negativo nas contas públicas.

A expectativa para as receitas federais caiu de R$ 1,649 trilhão para R$ 1,648 trilhão. A estimativa para as receitas líquidas foi de R$ 1,379 trilhão para R$ 1,382 trilhão.

Por sua vez, a projeção para a despesa total do governo central passou de R$ 1,469 trilhão para R$ 1,468 trilhão. Os dados foram coletados até o quinto dia útil deste mês.

Já para a dívida bruta do governo geral em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), a estimativa recuou de 79% do PIB no mês anterior para 78%.