Mercado fechará em 3 h 51 min
  • BOVESPA

    113.809,95
    -1.252,59 (-1,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.192,33
    +377,16 (+0,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,16
    -0,45 (-0,62%)
     
  • OURO

    1.755,20
    -39,60 (-2,21%)
     
  • BTC-USD

    48.133,05
    -108,99 (-0,23%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.236,62
    +3,33 (+0,27%)
     
  • S&P500

    4.456,72
    -23,98 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.641,03
    -173,36 (-0,50%)
     
  • FTSE

    7.027,48
    +10,99 (+0,16%)
     
  • HANG SENG

    24.667,85
    -365,36 (-1,46%)
     
  • NIKKEI

    30.323,34
    -188,37 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    15.413,75
    -90,25 (-0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1793
    -0,0167 (-0,27%)
     

Projeção do mercado para juros básicos sobe a 8,0% em 2021 e 2022 com pressão inflacionária, mostra Focus

·1 minuto de leitura
Consumidora faz compras em supermercado do Rio de Janeiro

Por Camila Moreira

SÃO PAULO (Reuters) - O mercado passou a ver a taxa básica de juros a 8% ao final deste ano e de 2022 diante da forte pressão inflacionária, com a projeção para a alta do IPCA em 2021 chegando a 8,0%.

A pesquisa Focus divulgada nesta segunda-feira pelo Banco Central mostra alta na conta para o IPCA neste ano pela 23ª vez seguida, de uma taxa de 7,58% prevista no levantamento anterior. Para 2022 a conta subiu a 4,03%, de 3,98%.

O movimento aconteceu na esteira do maior avanço do IPCA para um mês de agosto em 21 anos, de 0,87%, levando a taxa acumulada em 12 meses a 9,68%, disparando bem acima do teto da meta oficial para este ano -- inflação de 3,75%, com margem de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.

Com isso, a projeção para a taxa básica Selic no Focus saltou a 8,0% para 2021 e 2022, de 7,63% e 7,75%, respectivamente, na semana anterior.

O Banco Central volta a se reunir para debater a taxa de juros nos dias 21 e 22 de setembro, com a expectativa no Focus de que ela seja elevada a 6,25%, dos 5,25% atuais.

O levantamento semanal com uma centena de economistas mostrou que, para o Produto Interno Bruto (PIB), a estimativa de crescimento agora é de 5,04% para este ano e de 1,72% para 2022, de 5,15% e 1,93% antes.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos