Mercado fechado

Programa de fidelidade do Google finalmente chega aos EUA

Claudio Yuge

O sistema de cashback vem sendo uma das estratégias mais utilizadas ultimamente para fidelizar clientes em plataformas que envolve pagamentos. E o Google, que não é bobo nem nada, aproveita sua experiência com gamificação em troca de dados para ampliar a atuação do programa Google Play Points, que já estava disponível na Coreia do Sul e no Japão e agora chega aos Estados Unidos.

Veja bem, desde 2012, a Play Store é a principal (e praticamente a única) loja de apps para quem busca games, utilitários, filmes, séries e livros em smartphones Android. Já chegou a 2 bilhões de pessoas em 190 países. Uma promoção que envolve tanta gente pode ajudar a manter e aumentar o número de consumidores e, além de tudo, fornecer uma coisa que a Gigante de Mountain View gosta bastante: seus dados.

Com o Google Play Points, tudo o que você compra rende pontos, incluindo as aquisições embutidas em locação de filmes e livros e assinaturas de streaming. Também é possível receber essa pontuação baixando apps e games gratuitos selecionados ou quando você dá notas para determinados itens do catálogo. O Google Play Points possui quatro níveis (Bronze, Prata, Ouro e Platina), que oferecem mais vantagens e premiações semanais.

(Imagem: Divulgação/Google)

Para gastar o que ganhou, você pode converter em seções especiais dos aplicativos, como um personagem que só pode ser comprado com Play Points; ou converter via Google Play Credit, para assistir um filme. A adesão é gratuita e, como chegou agora aos Estados Unidos, fica a pergunta: será que vem para o Brasil? Ao que parece, é uma questão de (pouco) tempo, então o jeito é aguardar, porque por enquanto não há previsão para lançamento por aqui.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: