Mercado fechado

Programa acelera 20 startups com ideias sustentáveis na cadeia petroquímica

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO (FOLHAPRESS) - Vinte startups que geram impacto socioambiental positivo a partir da química e do plástico serão aceleradas no programa de inovação aberta Braskem Labs. Em sua oitava edição, a seleção levou em conta ideias que mitiguem os efeitos da crise do clima e incluiu dois negócios chilenos.

Durante cinco meses, os empreendedores receberão mentorias individuais e formação a partir de metodologia desenvolvida pelo Quintessa, que promove soluções inovadoras para desafios sociais e ambientais há 13 anos.

O programa é estruturado em duas frentes, sendo uma voltada a startups em fase de validação e refinamento do modelo de negócio, e outra para negócios em fase de escala, impulsionando seu crescimento.

Na primeira, foram selecionados negócios como a P-Last, que transforma plásticos de uso único em biodegradáveis a partir de uma bactéria do cerrado; a chilena Nauco, com tecnologia de nanobolhas para limpar plásticos em rios; e a Água Camelo, negócio social que criou uma mochila com filtro de água para ser consumido por pessoas com pouco acesso à água potável.

Na frente para negócios em fase de escala, participam a Telite, produtora de telhas com base em plástico reciclado; Doroth, que monitora e quantifica microrganismos para que o agricultor seja mais preciso no manejo de sua fazenda; e ​​Destine Já, plataforma de gestão ambiental que integra logística reversa, economia circular, soluções ambientais e indicadores ESG.

Na estratégia da Braskem de expandir o programa, o Chile foi escolhido pela relevância de seu ecossistema de inovação na América Latina.

"Quando o objetivo é gerar inovação, buscar soluções de impacto ambiental e social positivo e ampliar nossas conexões, queremos ultrapassar as fronteiras", afirma Karla Censi, gerente de soluções sustentáveis na Braskem e responsável pelo Braskem Labs.

Desde 2015, quando foi criado, pelo menos 110 startups foram aceleradas e cerca de 30% fizeram alguma parceria de negócio com a companhia ou algum dos parceiros do programa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos