Mercado abrirá em 5 h 55 min
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,74 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,10
    +2,95 (+4,33%)
     
  • OURO

    1.797,10
    +9,00 (+0,50%)
     
  • BTC-USD

    57.476,42
    +3.141,58 (+5,78%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.435,36
    -20,05 (-1,38%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,06 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    23.887,04
    -193,48 (-0,80%)
     
  • NIKKEI

    28.254,29
    -497,33 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    16.216,25
    +165,25 (+1,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3005
    -0,0480 (-0,76%)
     

Programa de aceleração da Ambev escolhe 9 startups com projetos socioambientais

·2 min de leitura

A Ambev selecionou nove startups na terceira edição da Aceleradora 100+, que teve início em julho deste ano. Estes negócios agora serão acompanhados por mentores da aceleradora Quintessa e parceiros da Ambev e da plataforma Parceiros Pela Amazônia (PPA) para a implementação dos seus projetos.

Antes da escolha das nove empresas, houve seis semanas de acompanhamento dos projetos inscritos com mentores, fundos de investimento e executivos da Ambev. Um dos principais critérios foram propostas com impacto socioambiental. As selecionadas foram Afroimpacto, Água Camelo, Aterra, Diversidade.io, Inspectral, IQX, Recigases, TRC Sustentável e Via Floresta.

As soluções selecionadas estão alinhadas com alguns dos temas e metas de sustentabilidade da Ambev a serem cumpridas até 2025, como diversidade e inclusão, economia circular, gestão e qualidade da água, redução de gases poluentes e conservação da biodiversidade da Amazônia. Essas metas foram definidas em 2018. O programa de aceleração integra uma iniciativa global da Ambev e conta com apoio do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU).

Imagem: Reprodução/engin akyurt/Unsplash
Imagem: Reprodução/engin akyurt/Unsplash

Nesta terceira edição da Aceleradora 100+, houve seis desafios para as startups trabalharem:

  • Gestão da água: monitoramento e análise de água; conservação e administração de bacias hidrográficas; tratamento e redução do consumo de água em manufatura e cadeia de suprimentos;

  • Agricultura sustentável: treinamento, engajamento e suporte a produtores e fazendeiros; qualidade e produtividade da colheita; e outras inovações relacionadas à agricultura;

  • Mudança climática: consumo e monitoramento de energia; soluções alternativas e renováveis para o setor energético; redução, captura e remoção de emissões de CO2; análises financeiras e de gestão para mudanças climáticas; e logística verde;

  • Embalagem circular: reciclagem, reutilização e devolução; materiais alternativos e inovações para embalagens; e rastreabilidade e logística reversa de embalagens;

  • Ecossistema empreendedor: valorização de produtos gerados no processo de produção da cerveja; rastreabilidade da cadeia produtiva e fornecimento responsável; incentivo a cadeias produtivas locais e regionais; e diversidade e inclusão na cadeia produtiva;

  • Conservação da biodiversidade na Amazônia: bioeconomia; sistemas regenerativos e restaurativos; e cadeias de fornecimento sustentáveis.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos