As profissões que receberam os maiores aumentos e reduções salariais


SÃO PAULO - Um estudo revela as profissões que tiveram alta e baixa salarial nos últimos dez anos. As áreas de Medicina, Militar e Engenharia Civil receberam os maiores aumentos salariais. Na contramão, Administração, Filosofia e Jornalismo tiveram as maiores reduções na última década.

Leia também:
Homens bonitos ganham mais do que os feios
As 10 profissões mais e menos estressantes para 2013
14 dicas financeiras para quem tem entre 20 e 50 anos

Segundo o estudo da BRAiN (Brasil Investimentos & Negócios), o chamado “apagão de mão de obra”, ou a falta de profissionais em determinadas áreas cruciais para o desenvolvimento do País, é o maior motiva da variação salarial entre 2000 e 2010, período em que o relatório comparou os salários dos trabalhadores com nível superior em diversos setores.

Entre as áreas com os maiores aumentos no salário, a Engenharia Civil teve uma diferença salarial entre o profissional de nível superior e o de nível médio de 200% em 2000. Já em 2010, esse número passou para mais de 250%.

“Isso mostra que a demanda por esse tipo de profissional está aumentando mais rapidamente que a oferta, ou seja, o mercado está demandando mais engenheiros civis”, explica o diretor de Pesquisa da BRAiN, o economista André Sacconato.

Salários
Confira abaixo as profissões cujos salários aumentaram e reduziram na última década:

Maiores salários:
1. Medicina

2. Militar

3. Engenharia Civil

4. Ciências Sociais

5. Engenharia Química

6. Arquitetura

7. Outras Engenharias

8. Estatística

9. Engenharia Elétrica

10. Engenharia Mecânica

11. Economia

12. Ciências Físicas

13. Biblioteconomia

14. Direito

15. Artes

16. Odontologia

17. Veterinária

18. Serviço Social

19. Física

20. Contabilidade

Salários reduzidos:
1. Administração

2. Filosofia

3. Jornalismo

4. Marketing

5. Atuarias

6. Ciências da Computação

7. Farmácia

8. Hotelaria

9. Matemática

10. Enfermagem

Carregando...