Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.487,88
    +1.482,66 (+1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.518,30
    +228,39 (+0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,35
    +0,46 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.845,10
    +3,90 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.453,06
    +574,99 (+1,99%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,34
    -23,03 (-3,42%)
     
  • S&P500

    3.901,36
    +0,57 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.261,90
    +8,77 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.838,00
    -40,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1528
    -0,0660 (-1,26%)
     

Produção de veículos acumula queda de 13,6% no primeiro quadrimestre

*ARQUIVO* SÃO JOSÉ DOS CAMPOS, SP, BRASIL, 25-07-2012 - Caminhões do tipo cegonha, carregado de veículos, deixam a fábrica da General Motors, em São José dos Campos (a 97 km de São Paulo). A produção voltou a operar após ter todos os turnos de trabalho interrompidos devido a uma licença remunerada concedida pela montadora aos cerca de 7.500 funcionários. (Foto: Marcelo Justo/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO JOSÉ DOS CAMPOS, SP, BRASIL, 25-07-2012 - Caminhões do tipo cegonha, carregado de veículos, deixam a fábrica da General Motors, em São José dos Campos (a 97 km de São Paulo). A produção voltou a operar após ter todos os turnos de trabalho interrompidos devido a uma licença remunerada concedida pela montadora aos cerca de 7.500 funcionários. (Foto: Marcelo Justo/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Abril terminou com 185,4 mil veículos leves e pesados produzidos no país. O número representa uma queda de 2,9% em comparação ao mesmo mês de 2021, segundo a Anfavea (associação das montadoras).

Na comparação entre o primeiro quadrimestre deste ano e de 2021, a fabricação caiu 13,6%. A principal razão para os resultados ruins é a falta de semicondutores, mas a combinação de crédito mais caro com a alta no preço dos carros também leva à retração.

A variação entre os meses de março e abril indica estabilidade. Houve alta de 0,3%, e os movimentos de agora mostram que não deve haver melhora neste cenário.

A produção no mês de maio começou comprometida devido à escassez de semicondutores. Desde segunda (9), cerca de 2.500 funcionários da Volkswagen entraram em férias coletivas na fábrica de São Bernardo do Campo (Grande São Paulo). A paralisação se estenderá por 20 dias.

Márcio de Lima Leite, novo presidente da Anfavea, diz que 29 novas fábricas de semicondutores estão em construção mundo afora, com inaugurações a partir do segundo semestre --espera-se que todas estejam em funcionamento até o fim de 2023. Segundo o executivo, esse aumento da produção deve regularizar o fornecimento desses itens.

Em Jacareí (interior de São Paulo), o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região segue negociando a manutenção de empregos com a Caoa Chery. Na semana passada, a montadora anunciou o fechamento da unidade e o investimento em carros híbridos e elétricos.

Em um comunicado, a empresa disse que se trata de uma interrupção temporária, para readequar a planta com a intenção de produzir veículos híbridos e elétricos.

A fabricante prepara a apresentação desses modelos, que deverá ocorrer em junho. Mas, a princípio, todos serão importados da China ou montados em Anápolis (GO).

O fechamento da unidade de Jacareí vai impactar o nível de empregos diretos nas empresas do setor. Hoje há 101,7 mil trabalhadores nas montadoras, o que significa queda de 2,9% na comparação com abril de 2021.

As vendas seguem em um ritmo lento de crescimento ao longo de 2022, mas ainda distante de recuperar as perdas em relação a 2021.

Foram comercializadas 147.256 unidades no último mês, alta de 0,3% em relação a março, que teve dois dias úteis a mais. Os dados são baseados no Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores).

Em relação a abril de 2021, houve queda de 15,9% na comercialização de veículos. O primeiro quadrimestre encerrou com 552.924 unidades licenciadas, o que significa retração de 21,4% na comparação com o mesmo período do ano passado.

"A partir do segundo semestre, há uma expectativa de crescimento, que pode recuperar o que foi perdido nos últimos meses", diz o novo presidente da Anfavea.

As exportações passam por um momento de retomada, com alta de 17,9% na comparação entre os primeiros quadrimestres de 2021 e 2022. No total, foram enviadas 152,9 mil unidades ao exterior, prioritariamente a países do Mercosul.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos