Mercado abrirá em 1 h 30 min
  • BOVESPA

    119.297,13
    +485,13 (+0,41%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.503,71
    +151,51 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,11
    +0,93 (+1,55%)
     
  • OURO

    1.744,10
    -3,50 (-0,20%)
     
  • BTC-USD

    64.387,36
    +1.678,09 (+2,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.389,10
    +95,11 (+7,35%)
     
  • S&P500

    4.141,59
    +13,60 (+0,33%)
     
  • DOW JONES

    33.677,27
    -68,13 (-0,20%)
     
  • FTSE

    6.906,42
    +15,93 (+0,23%)
     
  • HANG SENG

    28.900,83
    +403,58 (+1,42%)
     
  • NIKKEI

    29.620,99
    -130,61 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    14.014,50
    +38,75 (+0,28%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,8344
    +0,0032 (+0,05%)
     

Produção de petróleo no Brasil cai 8% em fevereiro, diz ANP

·1 minuto de leitura
Plataforma de petróleo na Baía de Guanabara, em Niterói (RJ)

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A produção média de petróleo no Brasil somou 2,73 milhões de barris de petróleo por dia em fevereiro, queda de 8% ante o mesmo mês do ano anterior, apontaram dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) nesta quarta-feira.

Somando a produção de petróleo e gás, o país produziu média de 3,55 milhões de barris de óleo equivalente (boe/d) no segundo mês do ano, queda de 6% na comparação com um ano antes.

Não ficou imediatamente claro o motivo da queda.

Do total produzido, um volume de 2,6 milhões de boe/d, ou 73%, veio do pré-sal.

Segundo a agência reguladora, foi "o maior percentual de participação do pré-sal na produção nacional já registrado".

Os campos de Búzios e Tupi, ambos no pré-sal da Bacia de Santos, são os maiores produtores do Brasil.

A ANP informou ainda que a Petrobras, como concessionária, produziu em fevereiro média de 2,084 milhões de barris de petróleo por dia, queda de aproximadamente 2,5% ante o mesmo mês de 2020.

Já a angloholandesa Shell, maior produtora privada no Brasil e principal sócia da Petrobras em campos em produção no pré-sal, produziu em fevereiro 328,07 mil barris de petróleo por dia, recuo de cerca de 13% na mesma comparação.

(Por Marta Nogueira)