Mercado fechado

Produção de motos cresce 19,5% em janeiro, diz Abraciclo

Carlos Prieto

Entidade prevê avanço de 6,1% no volume fabricado neste ano A produção de motos cresceu 19,5% em janeiro na comparação com igual período do ano anterior, com a montagem de 100,3 mil unidades. Os dados são da Abraciclo, entidade que representa os fabricantes instalados no Polo Industrial de Manaus. Segundo a entidade, o crescimento sobre dezembro foi de 42,5%. A explicação para um índice tão alto é que parte das montadoras concede férias coletivas no último mês do ano e a produção é tradicionalmente menor.

Foram emplacadas 91,7 mil motos em janeiro, alta de 1,1% sobre o mesmo mês de 2019 e queda de 2,6% sobre dezembro. A Abraciclo destacou a venda diária no mês passado, de quase 4,2 mil unidades como o melhor janeiro desde 2015, antes do pior período da crise.

As exportações mantêm o ritmo de queda iniciado em meados de 2018 com a crise na Argentina. No mês passado foram embarcadas 1.701 motos, recuou de 62,8% na comparação anual e de 44,3% sobre dezembro.

A Abraciclo reforçou as estimativas para 2020 de crescimento de 6,1% na produção, com 1,175 milhão de unidades; e de alta de 5,8% nos emplacamentos, somando 1,08 milhão de motos. Já para as exportações a expectativa é de queda de 27,5%, com o envio de 28 mil motos para o exterior.

Fábrica de motos na Zona Franca de Manaus

Alberto Cesar Araújo/Valor