Mercado abrirá em 6 h 47 min
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,35 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,89
    +0,25 (+0,35%)
     
  • OURO

    1.774,10
    +5,10 (+0,29%)
     
  • BTC-USD

    34.569,92
    -1.111,64 (-3,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    858,47
    -81,47 (-8,67%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,32 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.353,55
    -447,72 (-1,55%)
     
  • NIKKEI

    27.929,48
    -1.034,60 (-3,57%)
     
  • NASDAQ

    14.009,00
    -26,00 (-0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0111
    -0,0250 (-0,41%)
     

Produção mexicana da vacina russa Sputnik V deve começar no final de junho

·1 minuto de leitura
Vacinas Sputnik V contra Covid-19

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - A produção da vacina russa Sputnik V contra Covid-19 provavelmente começará no México durante a última semana de junho, disse o Ministério da Saúde do país nesta sexta-feira, enquanto o governo analisa sua autorização de uso emergencial.

Especialistas da agência de segurança da saúde Cofepris viajarão a Moscou para "observar a transferência de tecnologia da Sputnik V" no acondicionamento da vacina, disse o ministério em um comunicado, sem especificar quando a viagem acontecerá.

O comunicado acrescentou que o convite para visitar o Instituto Gamaleya, onde a Sputnik V é feita, foi recebido nesta sexta-feira.

O acondicionamento final da vacina desenvolvida pela Rússia acontecerá nas instalações do laboratório biológico estatal mexicano Birmex, que no começo desta semana foi inspecionado para se verificar suas condições de saúde e segurança.

A Cofepris acredita que realizará o teste exigido da vacina no final de maio, antes da autorização de uso emergencial.

Se aprovada, tal como se espera, a Sputnik V será a terceira vacina contra Covid-19 a ser produzida em massa no México – as outras são a chinesa CanSino e a britânica AstraZeneca.

A Cofepris também avaliará a vacina Sputnik Light de uma dose, incluindo testes preliminares de estágio avançado, acrescentou o comunicado.

(Por Adriana Barrera)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos