Mercado fechará em 2 h 21 min
  • BOVESPA

    125.410,16
    +798,12 (+0,64%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.171,42
    +260,89 (+0,51%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,47
    +0,82 (+1,14%)
     
  • OURO

    1.799,80
    0,00 (0,00%)
     
  • BTC-USD

    39.416,56
    +1.679,31 (+4,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    925,34
    -4,59 (-0,49%)
     
  • S&P500

    4.392,92
    -8,54 (-0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.922,63
    -135,89 (-0,39%)
     
  • FTSE

    7.016,63
    +20,55 (+0,29%)
     
  • HANG SENG

    25.473,88
    +387,45 (+1,54%)
     
  • NIKKEI

    27.581,66
    -388,56 (-1,39%)
     
  • NASDAQ

    14.960,50
    +12,75 (+0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1112
    +0,0028 (+0,05%)
     

Produção manufatureira dos EUA recua com a escassez de chips pressionando automóveis

·1 minuto de leitura
Fábrica de ônibus elétricos na cidade de Lancaster, Califórnia

WASHINGTON (Reuters) - A produção nas fábricas dos Estados Unidos caiu inesperadamente em junho, com a fabricação de automóveis recuando em meio a uma implacável escassez global de semicondutores.

A produção manufatureira norte-americana caiu 0,1% no mês passado, depois de acelerar 0,9% em maio, disse o Federal Reserve nesta quinta-feira.

Economistas consultados pela Reuters previam que a produção manufatureira subiria 0,2% em junho. A produção nas fábricas cresceu a uma taxa anualizada de 3,7% no segundo trimestre, após avançar a ritmo de 2,3% no período de janeiro a março.

Excluindo automóveis, a produção manufatureira aumentou 0,4% em junho. A queda na manufatura como um todo foi compensada pelo salto de 1,4% na mineração e a recuperação de 2,7% em serviços públicos, elevando a produção industrial em 0,4% no mês passado.

(Por Lucia Mutikani)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos