Produção industrial sobe em outubro, aponta CNI

A produção industrial brasileira aumentou em outubro. De acordo com a Sondagem Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgada nesta sexta-feira o indicador que mostra o desempenho industrial subiu para 54,9 pontos no mês passado. Em setembro esse índice foi de 47,1 pontos. Já a Utilização da Capacidade Instalada (UCI) se manteve estável em outubro, registrando 74%, mesmo porcentual de setembro.

"A expansão da produção se deu com o fim do ajustamento de estoques no setor", trouxe o estudo. O indicador de estoques efetivos em relação ao planejado alcançou 50,5 pontos em outubro. No mês anterior, esse indicador ficou em 50,6 pontos.

O aumento da atividade industrial em outubro não surtiu grande efeito no emprego. Apesar de apresentar uma leve alta, passando de 49,6 pontos em setembro para 50,2 pontos em outubro, o indicador do emprego da indústria revela apenas estabilidade pelo terceiro mês consecutivo, avaliou a CNI.

A pesquisa também traz a expectativa dos empresários para os próximos seis meses, e mostra que eles estão menos otimistas do que em outubro. Em relação à demanda, o indicador caiu de 56,9 pontos em outubro para 55,7 pontos na avaliação de novembro. "A redução do otimismo provavelmente se dá pela sazonalidade, uma vez que no fim do ano há redução da atividade industrial", avaliou o economista da CNI Marcelo Ávila.

Quanto às exportações, o indicador também recuou, registrando 51 pontos em novembro ante 51,3 pontos em outubro. A expectativa para compra de matérias-primas em novembro teve queda de 1,4 ponto e ficou em 52,6 pontos. Assim como também caiu o indicador que mostra a expectativa para contratações, que passou de 51,1 pontos em outubro para 50,6 pontos em novembro.

A pesquisa foi feita entre os dias 1º e 14 de outubro com quase 2 mil empresas de todo o País.

Carregando...