Produção industrial dos EUA cresce 0,3% em dezembro

A produção industrial nos Estados Unidos cresceu 0,3% em dezembro ante novembro, informou nesta quarta-feira o Federal Reserve, subindo ao maior nível desde meados de 2008 em reflexo do aumento na produção das indústrias de manufatura e mineração no país.

O resultado ficou em linha com as previsões dos analistas ouvidos pela Dow Jones, que esperavam expansão de 0,3%. No último trimestre de 2012, a produção industrial dos EUA cresceu a uma taxa anualizada de 1,0%. O resultado de novembro foi revisado ligeiramente para baixo, passando de 1,1% para 1% de expansão.

A desaceleração em dezembro na comparação com o mês anterior reflete o impulso dado à produção industrial após o impacto negativo da passagem do furacão Sandy no fim de outubro pela costa leste dos EUA.

A taxa de utilização da capacidade instalada no país teve ligeira alta em dezembro, para 78,8%, do patamar revisado de 78,7% registrado em novembro. Os economistas esperavam uma taxa de utilização menor do que o resultado divulgado pelo Fed, em 78,5%.

Em dezembro, a atividade manufatureira avançou 0,8%, de um avanço de 1,3% em novembro, o que resultou numa expansão da produção de manufatura a uma taxa anualizada de 0,2% no quarto trimestre. Na comparação com dezembro de 2011, a atividade manufatureira cresceu 2,4%. Excluindo o setor automotivo, a produção manufatureira cresceu 0,8% na comparação mensal. A produção de veículos e autopeças avançou 4,3% no mês. A produção no setor de mineração subiu 0,6%. A produção no setor de serviços de utilidade pública caiu 4,8% e em defesa e equipamentos aeroespaciais a produção ficou estável.

A produção do setor de serviços, que responde por boa parte da economia norte-americana, não está incluída nesse relatório. As informações são da Dow Jones.

Carregando...