Mercado fechado
  • BOVESPA

    118.328,99
    -1.317,01 (-1,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.810,21
    -315,49 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,02
    -0,11 (-0,21%)
     
  • OURO

    1.869,90
    +4,00 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    30.625,60
    +66,46 (+0,22%)
     
  • CMC Crypto 200

    608,80
    -71,11 (-10,46%)
     
  • S&P500

    3.853,07
    +1,22 (+0,03%)
     
  • DOW JONES

    31.176,01
    -12,39 (-0,04%)
     
  • FTSE

    6.715,42
    -24,97 (-0,37%)
     
  • HANG SENG

    29.927,76
    -34,74 (-0,12%)
     
  • NIKKEI

    28.756,86
    0,00 (0,00%)
     
  • NASDAQ

    13.383,50
    -12,00 (-0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5084
    +0,1004 (+1,57%)
     

Produção industrial dos EUA cai em outubro, afetada por greve da GM

O Índice de Produção Industrial do Fed caiu 0,8% em outubro

A greve histórica de funcionários da General Motors (GM) nos Estados Unidos desacelerou a indústria do país em outubro, causando a maior queda no índice de produção em um ano e meio, informou nesta sexta-feira o Federal Reserve (Fed).

Mesmo sem levar em conta a greve, o recuo do setor industrial americano persistiu, com os fabricantes de eletrodomésticos e bens duráveis ainda sentindo os efeitos da guerra comercial empreendida pelo presidente Donald Trump com a China.

O Índice de Produção Industrial do Fed caiu 0,8% em outubro, o dobro do esperado pelos economistas, em grande parte devido a uma queda de 7,1% na fabricação de automóveis pela greve.

A redução da produção foi a mais alta desde maio de 2018. Os níveis de julho, agosto e setembro foram revisados em leve alta, mas continuaram no vermelho.